Projeto da Vicaima premiado nos Emirados Árabes Unidos

O projeto sustentável, designado ‘BaityKool Project’, foi recentemente premiado na competição Solar Decathlon Middle East.

A Vicaima, empresa portuguesa especializada no ‘design’, e produção de portas de interior, portas técnicas, aros e peças para mobiliário particiou num projeto galardoado nos Emirados Árabes Unidos no domínio da sustentabilidade.

O projeto sustentável, designado ‘BaityKool Project’, foi recentemente premiado na competição ‘Solar Decathlon Middle East’.

“Este mercado apresenta-se como chave para a marca, onde a sua presença é assegurada há quase 15 anos”, sublinha um comunicado da empresa.

Segundo esse documento, “em linha com as tendências globais e locais, a Vicaima leva aos Emirados Árabes Unidos soluções ‘high-end’ que se destacam pelo ‘design’, acabamento e elevadas dimensões, agregadas a propostas que integram também roupeiros e peças para mobiliário, sempre harmonizadas com cada ambiente e customizadas a cada projeto, desde o ‘design’ à sua ‘performance’.

“Neste mercado, a Vicaima tem integrado cada vez mais projetos notáveis, inclusive no setor residencial. Com produtos adaptados às suas especificidades, as soluções que mais se destacam nesta geografia passam, essencialmente, pelas portas de interior e de alta performance, nomeadamente portas corta-fogo 30 e 60 minutos, e acústicas e de segurança, certificadas por entidades acreditadas”, assinala o comunicado.

A Vicaima destaca que assegura o alinhamento desta oferta com as normas estipuladas pela FSC® (Forest Stewardship Council®), que garante que as matérias-primas utilizadas provêm de florestas bem geridas e que oferecem benefícios ambientais, sociais e económicos.

Especificamente no BaityKool Project, a Vicaima forneceu soluções Portaro® que incluem portas e aros certificados corta-fogo 60 minutos, bem como, soluções não-fogo com acabamento lacado branco.

“Recorde-se que o projeto foi galardoado com o 1º prémio na área da sustentabilidade no concurso ‘Solar Decathlon Middle East’, uma competição entre estudantes que desafia os alunos a projetar e construir casas movidas a energia solar no Parque Solar Mohammed Bin Rashid Al Maktoum”, acrescenta o mesmo comunicado.

A Vicaima assume uma capacidade de produção que supera as 1.500.000 portas por ano.

A Vicaima garante que é atualmente um dos maiores ‘players’ europeus no ‘design’ e produção de sofisticadas soluções de portas de interior, portas técnicas, aros e peças para mobiliário.

“O seu posicionamento sustenta-se na capacidade de desenvolver soluções integradas e customizadas, orientadas para diversos setores, nomeadamente habitacional, hoteleiro, saúde, educação e comercial. Inovadora e criadora de tendências, a Vicaima tem uma preocupação constante pela sustentabilidade, sendo a primeira empresa portuguesa do setor a obter a certificação FSC® (Forest Stewardship Council®)”, adianta o referido comunicado.

Fundada em Portugal, exporta 92% da sua produção, para um conjunto de cerca de 30 países distribuídos por todo o mundo, contando ainda com presença direta no Reino Unido, Espanha e Marrocos.

 

Recomendadas

Bancos sujeitos a coimas até 1,5 milhões se não aplicarem diploma do Governo para crédito à habitação

Está já em vigor, a partir deste sábado, o diploma que estabelece medidas destinadas a mitigar os efeitos do incremento dos indexantes de referência de contratos de crédito para aquisição ou construção de habitação própria permanente. Bancos têm 45 dias a partir de hoje para aplicar as medidas.

Ministra da Justiça diz que é preciso melhorar condições dos processos de recuperação de empresas

“A melhoria das condições de processos de recuperação [de empresas], sobretudo em períodos de insolvência e de dúvida, como o que atravessamos, é um desafio, mas um desafio que temos de concretizar”, afirmou Catarina Sarmento e Castro.

Restaurantes da AHRESP vão assegurar alimentação dos peregrinos da Jornada Mundial da Juventude

A AHRESP vai apoiar a Fundação na “definição das regras de funcionamento da rede de restaurantes e similares que irão assegurar o fornecimento de refeições para os participantes da Jornada Mundial da Juventude e contactar restaurantes e similares para promover a sua adesão à rede, bem como promover o uso do Guia de Boas Práticas da Restauração e Bebidas junto da rede”, lê-se no comunicado.  
Comentários