Projeto WindFloat: segunda plataforma para parque eólico flutuante a caminho de Viana do Castelo

A segunda das três plataformas do projeto WindFloat Atlantic saiu do porto de Ferrol, em Espanha, no domingo rumo ao local onde será instalada, a 20 km da costa de Viana de Castelo.

O projeto WindFloat Atlantic deu mais um passo para o arranque do primeiro parque eólico flutuante da Europa continental, com a implementação da segunda plataforma que já está a caminho de Viana do Castelo, após a instalação da primeira estrutura, em outubro, num projeto liderado pelo consórcio Windplus, que tem como parceiros a EDP, Engie, Repsol e Principle Power Inc.

A segunda das três plataformas do projeto WindFloat Atlantic saiu do porto de Ferrol, em Espanha, este domingo, 29 de dezembro, rumo ao local onde será instalada, a 20km da costa de Viana de Castelo.

A chegada desta estrutura ao local do projeto está prevista para os próximos dias e será depois instalada junto à primeira plataforma flutuante que já se encontra ao largo da costa portuguesa. Ambas têm dimensões semelhantes, com 30 metros de altura e uma distância de 50 metros entre cada coluna. O primeiro parque eólico flutuante da Europa continental ficará concluído quando chegar a terceira e última plataforma.

A estrutura é composta pela plataforma flutuante e pela maior turbina alguma vez instalada numa estrutura flutuante. Assim que estiver operacional, o parque contará com uma capacidade total instalada de 25 MW, o equivalente à energia consumida por 60 mil utilizadores durante um ano. O parque é composto por três turbinas eólicas assentes em plataformas flutuantes ancoradas ao fundo do mar apenas com correntes a 100 metros de profundidade e inclui ainda tecnologia de ponta que minimiza o impacto ambiental e facilita o acesso a recursos eólicos inexplorados em águas profundas.

As plataformas foram construídas num trabalho de cooperação entre Portugal e Espanha. Duas das plataformas foram fabricadas nos estaleiros de Setúbal e a terceira nos estaleiros de Avilés e Ferrol, em Espanha.

Recomendadas

Tecnológica portuguesa Innowave compra Cycloid

Desde 2018 que o grupo tem uma forte estratégia de M&A. “Esta aquisição é mais um passo na nossa estratégia de crescimento, materializada também na criação de centros de competência em Portugal, como é o caso de Lisboa, Porto, Coimbra, Faro e Beja”, afirmou o CEO da Innowave, Tiago Gonçalves.

Worten cria centro de Marketing Digital

A equipa, liderada por Simão Pires, vai ser responsável pela coordenação de media, redes socias e conteúdo digital, integração e coordenação de meios de comunicação digital e transformação de processos criativos para garantir foco digital.

Três startups vencem programa de inovação da Prio

As empresas AirCO2 Fintech (Espanha), BeFC (França) e Evyon (Noruega) ganharam a sexta edição do “Jump Start”. “Perante desafios tão importantes como a transformação digital, sustentabilidade e a transição energética, acreditamos que é fundamental dar voz e colaborar com startups”, garante a diretora de I&D da petrolífera.
Comentários