Protesto dos coletes amarelos continua em França mas está a perder gás

Os protestantes terão descidos de 22 para os 16 mil de acordo com fonte policial.

Caroline Blumberg / EPA

O protesto dos coletes amarelos, continua, em França, mas tem cada vez menos participantes, de acordo com os números avançados pelas forças policias, refere a Reuters.

Uma fonte policial referiu à agência noticiosa que existiam 16 mil coletes amarelos, excluindo Paris, o que contrasta com os cerca de 22 mil que existiam, na semana passada.

Is coletes amarelos protestam contra o aumento das taxas associadas ao combustível. Ao longo das últimas semanas vários protestantes têm sido detidos pelas forças policiais, sendo que as manifestações têm causado várias actos de vandalismo e confrontos com a polícia.

O Ministro do Interior de França contabiliza que estejam mobilados cerca de 69 mil polícias, com um reforço em cidades como Toulouse, Bordéus e Saint-Etienne, diz a Reuters.

 

Recomendadas

Eleições do Brasil: Lula recupera e segue na frente com 70% dos votos contados

A segunda volta parece cada vez mais forte numa altura em que os dois candidatos estão taco a taco nos 45%, mas com Lula da Silva, do PT, a tomar a dianteira.

Eleições do Brasil: Bolsonaro mantém-se na liderança com 50% dos votos contados

A segunda volta é cada vez mais certeira, quando a contagem dos votos prossegue e a distância entre os dois principais candidatos à Presidência do Brasil diminui.

Eleições do Brasil: Primeiros números oficiais dão liderança a Bolsonaro sem maioria absoluta

Às 21h30, pouco mais de 1% dos votos válidos estavam contados. Em Lisboa, as urnas fecharam pelas 20:00, após o encerramento ser prolongado devido à forte afluência.
Comentários