PS considera alteração do espaço marítimo como de grande relevo para a Madeira

O deputado Carlos Pereira refere que a alteração na lei permite à Madeira poder “propor projetos, concessões estratégias” em áreas como por exemplo a exploração de minerais nos fundos marinhos ou exploração de energias renováveis, mas também de ter a capacidade de “vetar aquilo que acha que não é relevante da sua estratégia”.

O PS considerou que a alteração da Lei de Bases de gestão do espaço marítimo nacional, efetuada na Assembleia da República, tem um “grande relevo” para a capacidade de gestão da Madeira.

O deputado na Assembleia da República, Carlos Pereira, diz que a alteração é “um grande avanço no aprofundamento da autonomia, e refere que a Madeira necessita de assegurar não só o “poder de propor projetos, concessões estratégias” em áreas como por exemplo a exploração de minerais nos fundos marinhos ou exploração de energias renováveis, mas também de ter a capacidade de “vetar aquilo que acha que não é relevante da sua estratégia”.

A alteração da lei, no entender do deputado do PS, “dá essa capacidade” à região. “Da parte do PS, faremos aquilo que temos feito sempre e que tenho dito que deve ser feito, dando todos os contributos necessários para aprofundar a autonomia, em particular neste caso em concreto”, reforçou Carlos Pereira.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/parlamento-da-madeira-1/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”1136″ slug=”parlamento-da-madeira-1″ thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/parlamento-da-madeira-1/thumbnail?version=1573662702424&locale=pt-PT&publisher=www.jornaleconomico.pt” mce-placeholder=”1″]

Recomendadas

Azores Airlines atinge novo máximo com mais de um milhão de passageiros transportados em 2022

O grupo SATA, que junta Air Açores e Azores Airlines, já superou os valores registados no período de pré-pandemia.

Governo da Madeira congratula-se com suspensão de greve da marinha mercante

O secretário regional da Economia disse que o sindicato dos Capitães, Oficiais Pilotos, Comissários, e Engenheiros da Marinha Mercante mostrou-se sensível à dependência do abastecimento, por via marítima, das Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

Assembleia da Madeira atribui Prémio +Valor Madeira a trabalhos académicos e científicos

O montante do Prémio é de cinco mil euros, podendo, ainda, haver lugar à atribuição de certificados a título de menções honrosas.
Comentários