PS diz que “propaganda” do Governo Regional não corresponde à realidade vivida pelos madeirenses

“Não abdicamos deste nosso papel e iremos continuar, no sentido de esclarecer as populações e mostrar que a propaganda que o Governo Regional está a tentar fazer passar não é a realidade que as nossas famílias vivem na Região”, afirmou o líder parlamentar socialista Rui Caetano.

O líder parlamentar do PS Madeira, Rui Caetano afirmou que o cenário que o Governo Regional da Madeira tenta fazer passar “não é a realidade que as nossas famílias vivem na região”.

Em conferência de imprensa, ocorrida esta terça-feira, o líder parlamentar do PS assumiu como linha estratégica do partido a “fiscalização” da atividade governativa, através de comissões de inquérito, debates potestativos, audições parlamentares e da intervenção no âmbito dos debates mensais. O objetivo é “construir mais propostas e mais iniciativas, de forma a que se consiga dar resposta às grandes dificuldades da região e das famílias madeirenses”, prometeu.

Rui Caetano afiançou nesse sentido que o PS irá combater o “centralismo, a prepotência e toda a propaganda orquestrada pelo Governo Regional para tentar enganar as populações”, considerou.

“Não abdicamos deste nosso papel e iremos continuar, no sentido de esclarecer as populações e mostrar que a propaganda que o Governo Regional está a tentar fazer passar não é a realidade que as nossas famílias vivem na Região”, acrescentou o líder parlamentar socialista.

O Grupo Parlamentar do PS na Assembleia Legislativa da Madeira já entregou cerca de 350 iniciativas, bem como cerca de 300 propostas de alteração aos orçamentos regionais. Lamentando a rejeição das mesmas por parte da maioria PSD/CDS, Rui Caetano quis assegurar, no entanto, que o PS irá “continuar esse trabalho de proposta e de iniciativas que é fundamental para mostrarmos às populações que temos homens e mulheres bem preparados para governar a Região Autónoma da Madeira”.

Fora da Assembleia da Madeira, o parlamentar quis destacar atividades do PS como o Roteiro ‘Compromissos e Soluções’, como forma de “contacto com a população e com o tecido empresarial” para ouvir “as suas dificuldades e também ideias que possam ajudar a formular novas propostas”, bem como debates temáticos, através das Jornadas Parlamentares e da iniciativa ‘Sextas Parlamentares’, atividades desenvolvidas com o objetivo de “refletir sobre setores como a educação, a saúde, a cidadania participativa, o setor primário, entre outros”.

Recomendadas

Câmara do Funchal organiza sessões de informação para investidores das Comunidades Madeirenses

Pedro Calado comprometeu-se também a manter a proximidade e ligação com as Comunidades Madeirenses, garantindo que durante o mandato iria visitar algumas delas com o intuito de manter a proximidade e a ligação com a emigração.

Madeira: Santo António abre candidaturas para apoio à aquisição de material escolar

Os alunos com o primeiro escalão da ASE receberão 25 euros, os alunos com o segundo escalão  terão direito a 30 euros, com o terceiro escalão receberão 35 euros e aos beneficiários do quarto e quinto escalão será atribuído um o montante de 40 euros.

Empréstimos às famílias da Madeira diminuem em 62,1 milhões de euros

No segundo trimestre de 2022, 72,7% dos empréstimos foram destinados ao segmento da habitação, e os restantes 27,3% a consumo e outros fins.
Comentários