PS-Madeira destaca que valores extraordinários de IVA não se refletem nos apoios do Governo Regional às famílias

Sérgio Gonçalves falava durante o Debate Mensal, dedicado ao tema da Economia da Região, que teve lugar na Assembleia Legislativa da Madeira.

O presidente do PS-Madeira, Sérgio Gonçalves, realçou, esta terça-feira, que os valores extraordinários de quase 87 milhões de euros que se preveem arrecadar este ano de IVA, não se refletem nos apoios do Governo Regional às famílias.

Sérgio Gonçalves falava durante o Debate Mensal, dedicado ao tema da Economia da Região, que teve lugar na Assembleia Legislativa da Madeira.

De entre várias medidas enunciadas pelo Presidente do Governo Regional da Madeira, o socialista destacou apenas duas medidas como novas, nomeadamente o programa de apoio aos baixos rendimentos (PROAGES), com uma dotação orçamental de 1,6 milhões de euros, e um apoio ao crédito à habitação, com uma dotação de um milhão de euros.

“Portanto, tem quase 90 milhões de euros e apoia as famílias em menos de três milhões de euros”, vincou.

Sérgio Gonçalves, frisou que, perante as medidas anunciadas pelo Executivo de António Costa, Miguel Albuquerque realçou a necessidade de a Região implementar medidas complementares, mas que na Madeira “não encontramos medidas para fazer face a este aumento brutal do custo de vida”.

Listando uma série de dados onde a Região fica colocada na cauda do País em termos económicos, nomeadamente com a mais alta taxa de desemprego do País, o mais baixo rendimento médio e o menos poder de compra do País, o presidente dos socialistas madeirenses salienta que “o cenário é tudo menos aquele cenário cor-de-rosa que foi pintado pelo Presidente do Governo”.

Recomendadas

Preço do arrendamento de habitação sofre quebra de 2% na Madeira

O custo ficou em 10,6 euros por metro quadrado.

Produção de energia elétrica aumentou 5% na Madeira

71,5% da produção de energia foi de origem térmica, 15,3% de origem eólica, 9,4% de origem hídrica e 3,8% de origem fotovoltaica. O consumo de energia elétrica aumentou 4,4%.

Comissão por amortização antecipada no crédito à habitação: saiba o que é e como funciona

Se está à procura de alternativas será aconselhável pedir soluções ao seu banco, mas também consultar o mercado e avaliar ofertas alternativas.
Comentários