PS Madeira desvaloriza sondagem justificando com distância das eleições regionais

A sondagem da Aximage para o Jornal Económico/Económico Madeira dá ao PS entre 17,3% e os 20,6%, consoante os diversos cenários, distante dos 35,7% atingidos nas últimas eleições regionais.

A sondagem da Aximage para o Jornal Económico/Económico Madeira, referente às eleições regionais, de 2023, determinam uma quebra assinalável na votação do PS. Nos vários cenários os socialistas madeirenses oscilam entre os 17,3% e os 20,6%, distante dos 35,7% das regionais de 2019, e veem coligação entre PSD e CDS-PP ou PSD a atingir a maioria absoluta.

Nas últimas regionais o PS elegeu 19 deputados.

“Eu não valorizo este tipo de sondagem pelas suas características, mas sobretudo pela distância considerável a que nos encontramos do ato eleitoral”, diz o presidente do PS Madeira, Sérgio Gonçalves, ao Económico Madeira.

“A nossa estratégia e o nosso caminho serão mantidos e continuo absolutamente motivado em mobilizar não apenas o meu partido mas também toda a população da Madeira e do Porto Santo para uma mudança política na Região, sabendo-se que o PS é a única alternativa de Governo que permite caminhar no sentido de implementar um modelo de desenvolvimento económico diferente, que combata as desigualdades, as dependências e a pobreza, gerando mais oportunidades e melhor qualidade de vida para todos aqueles que cá residem, construindo a Madeira Melhor que preconizamos e para a qual temos as melhores propostas e as melhores soluções”, acrescentou o líder socialista.

Relacionadas

PremiumSondagem Madeira. Coligação PSD/CDS-PP obtém maioria absoluta e PS cai para metade (com áudio)

Chega e IL passam a ter representação parlamentar, enquanto a CDU pode estar em risco de a perder. Dependendo do cenário, BE e PAN podem eleger um deputado. Quebra do PS é profunda, mesmo que o cabeça de lista seja Paulo Cafôfo.
Recomendadas

Açores: Tribunal de Contas acolhe primeiro Encontro de Jovens Auditores da CPLP

“O Auditor do Futuro” é o tema deste primeiro Encontro, organizado pela Secção Regional dos Açores, que traz a Ponta Delgada quase meia centena de jovens auditores com idades até aos 35 anos.

BE alerta para aumento dos “fenómenos de exclusão e pobreza” na Madeira

A coordenadora do Bloco de Esquerda considerou que a região autónoma “está atrasada” no apoio à população sem-abrigo, nomeadamente ao nível das respostas previstas na estratégia nacional, como o projeto “casa primeiro”.

Madeira: Proteção Civil reforça atividade física nos Corpos de Bombeiros

A iniciativa do Serviço Regional de Proteção Civil começou no ano de 2018 em parceria com a Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, sendo a mesma reforçada em 2022, com a colaboração de dois preparadores físicos.
Comentários