PSD Lisboa questiona Medina sobre ausência de plano de apoio durante a vaga de frio

Após a Proteção Civil ter alertado sobre a descida de temperatura, os deputados municipais do PSD pedem esclaricementos a Fernando Medina e a Ricardo Robles, vereador para as àreas sociais, sobre as soluções para apoiar a população sem abrigo durante a vaga de frio.

O aviso sobre a descida da temperatura e a chegada do vento intenso foi dado ontem pela Autoridade Nacional da Proteção Civil. Os deputados do PSD na Assembleia Municipal de Lisboa (AML) querem saber porque, ao contrário de em ocasiões semelhantes no passado,  a Câmara Municipal de Lisboa (CML) ainda não comunicou um plano de apoio.

“Em situações análogas e até com temperaturas mínimas mais elevadas, como foi o caso 17 de janeiro de 2017, a CML emitiu comunicados e ativou um Plano de Contingência para a População Sem Abrigo, disponibilizando várias soluções de apoio e centrando as operações no Pavilhão do Casal Vistoso”, refere Luís Newton, líder de bancada do PSD na AML em comunicado. “Nessa altura os Vereadores do Desenvolvimento Social e da Proteção Civil, envidaram esforços para assegurar uma resposta adequada”.

“Porém, e depois de já terem passado 24 horas sobre a comunicação do próprio IPMA, não foi anunciado qualquer dispositivo municipal para fazer face a esta situação.  Assim, vêm os deputados municipais do PPD/PSD questionar os atuais responsáveis por essas pastas, Fernando Medina e Ricardo Robles, sobre quais os planos de contingência para estes dias, que medidas de alerta, sensibilização e divulgação têm sido desenvolvidas e porque é que, até à data, nada foi transmitido à população da cidade”, adianta.

Newton acrescenta que o PSD pede medidas de implementação imediata, como a abertura do Pavilhão Vistoso e o diálogo com o Metropolitano para permitir que algumas estações de Metro possam acolher os sem-abrigo.

Recomendadas

“É preciso controlar os preços e aumentar os salários e as pensões”, diz BE

O BE teve em vários pontos do país junto a supermercados, este sábado, e durante o trajeto a líder do partido pediu que fossem tomadas medidas e destacou que “no carrinho de supermercado vem cada vez menos”.

Sondagem. Costa e Governo afundam-se na avaliação dos portugueses

Os resultados da sondagem da Aximage para o DN, JN e TSF também revela que o Presidente da República continua a ser o político mais popular do país.

Marcelo diz que “assegurar a continuidade do acesso à água” é responsabilidade de todos

O Presidente da República aponta que “vivemos um momento em que as reservas hídricas atingem o seu mínimo, no dia em que se celebra o Dia Nacional da água.
Comentários