PSD-Madeira cria nova página no Facebook depois de ataque informático

Além da página do PSD-Madeira, o ataque informático do fim de semana afetou a página do Governo Regional na mesma rede social.

Créditos: PSD Madeira

O PSD-Madeira anunciou esta terça-feira que vai criar uma nova página na rede social Facebook para manter a “dinâmica comunicacional”, depois do ataque informático de que foi alvo no fim de semana.

“Não podemos ficar parados ou deixar de esgotar todas as alternativas para assegurar a dinâmica que o partido tem vindo a assumir nesta área”, afirma o secretário-geral do PSD-Madeira, José Prada, citado numa nota de imprensa.

Por isso, refere, será lançada uma nova página da estrutura regional social-democrata na rede social, que estará disponível em https://www.facebook.com/PartidoSocialDemocrataMadeira.

Além da página do PSD-Madeira, o ataque informático do fim de semana afetou a página do Governo Regional na mesma rede social.

Ainda segundo José Prada, o ataque teve “origem na Indonésia e na Tailândia”, pelo que é “muito difícil de identificar”.

“Aquilo que se espera é que, em estreita colaboração com as autoridades envolvidas no processo, haja, na maior brevidade possível, alguma conclusão sobre o sucedido”, acrescenta.

José Prada salienta ainda que objetivo do PSD com a nova página é “juntar todos e restabelecer a dinâmica que os novos tempos exigem à comunicação digital”, considerando que “depende de todos minimizar os impactos desta infeliz ocorrência”.

Na segunda-feira, o presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, anunciou que se o problema do ataque informático à pagina oficial do executivo na plataforma do Facebook não ficasse ultrapassado, seria criada uma nova.

Recomendadas

Taxa de desemprego na Madeira cai 0,2 pontos percentuais

A taxa de desemprego na Madeira fixou-se em 7,3% no segundo trimestre deste ano, menos 0,2 pontos percentuais (p.p) em relação ao anterior e menos 1,1 p.p face ao mesmo período do ano passado, foi hoje anunciado.

Governo da Madeira apoiou 39 desempregados a criarem o próprio negócio este ano

Desde a criação do programa, em 2015, o Instituto de Emprego da Madeira “aprovou 456 projetos de criação da própria empresa, num total de 790 postos de trabalho, o que representa um investimento global de 7,86 milhões de euros”, salienta a tutela numa nota distribuída à comunicação social.

CDS: Problemas dos trabalhadores da Águas e Resíduos da Madeira serão resolvidos “a médio prazo”

O CDS fala ainda de uma “perspetiva positiva” no que diz respeito a um compromisso, realizado “em breve” com a Câmara Municipal do Funchal (CMF), para que o município passe a pagar na íntegra os custos que existem atualmente, quer com os resíduos, quer com as águas, e que passem a pagá-los a 100%.
Comentários