PSD-Madeira destaca crescimento económico e competitividade da Região

Paulo Neves referiu também a questão do emprego, sublinhando que estamos numa situação de “quase pleno emprego”, na Região, assim como a competitividade fiscal. “Se há uma região que é, em termos fiscais, competitiva, é a Madeira”, disse, salientando que é mesmo “das melhores da Europa”.

Os deputados do PSD-Madeira na Assembleia da República reuniram-se esta segunda-feira com os responsáveis da Ordem dos Economistas, tendo o deputado Paulo Neves ressalvado os pontos coincidentes no que diz respeito a várias matérias relevantes para o desenvolvimento da Região, destacando o crescimento económico e a competitividade da Região.

“Desde logo, estivemos a falar sobre crescimento económico, o que, naturalmente, é um desejo da Ordem dos Economistas, e, de facto, nós temos conseguido esse crescimento económico, há muitos meses, há mais de 70 meses sucessivos, na Madeira”, afirmou.

Paulo Neves referiu também a questão do emprego, sublinhando que estamos numa situação de “quase pleno emprego”, na Região, assim como a competitividade fiscal. “Se há uma região que é, em termos fiscais, competitiva, é a Madeira”, disse, salientando que é mesmo “das melhores da Europa”.

Outro tema abordado neste encontro foi o da mobilidade. O deputado defendeu a necessidade de serem encontradas “boas soluções”, seja para a mobilidade aérea, seja para a marítima, que assegurem a continuidade territorial. “Este é um grande tema, que nós levamos à Assembleia da República constantemente”, acrescentou, adiantando que esta é também uma das preocupações da Ordem dos Economistas.

A questão dos fundos comunitários e a importância da utilização dos mesmos em matérias que vão ao encontro das necessidades das pessoas foi também abordada, além do Turismo e, dentro desta temática, o Brexit.

“Estamos confiantes, após estas eleições da semana passada, no Reino Unido, de que há uma clarificação, portanto, agora é fazer o Brexit e rapidamente”, salientou, lembrando que é este o desejo do Primeiro-ministro britânico e, ao que parece, também da população. Nesse sentido, considera ser necessário fazer um novo acordo entre a União Europeia e o Reino Unido para encerrar este dossiê e seguir em frente.

Recomendadas

Madeira: Movimento de passageiros nos aeroportos ficaram a mais de 30% acima dos valores de 2019

Entre janeiro e setembro de 2022, o movimento de passageiros nos aeroportos da RAM foi de aproximadamente 3.062,5 mil, significando um acréscimo homólogo de 134% e de 17% face aos valores registados nos primeiros nove meses de 2019. 

Madeira com défice de oito milhões de euros

À semelhança do ano anterior, mais de metade da despesa (51,9% da despesa total) foi canalizada para a área social, onde se destaca o sector da Saúde com uma execução orçamental de 280,3 milhões de euros e a Educação com 296,5 milhões de euros.

Governo Regional da Madeira investe mais de 80 milhões de euros em medicamentos

O envelhecimento demográfico, as doenças crónicas e a introdução de novos medicamentos aumentam as necessidades em saúde, a que o Serviço Regional de Saúde procura responder, sendo que existem doentes que exigem investimentos entre 20 mil a 500 mil euros.
Comentários