PSD quer discutir apoio a Assunção Cristas em Lisboa

Passos Coelho pôs o ‘dossier’ nas mãos do coordenador autárquico Carlos Carreiras, que esta semana não afastou um cenário de aliança para a capital.

O PSD está disponível para começar conversações sobre um eventual apoio à candidatura da líder do CDS-PP para a Câmara Munícipal de Lisboa na eleições autárquicas de 2017, noticia o Público.

Segundo o díario, a decisão foi de Pedro Passos Coelho, que instruiu o coordenador autárquico dos sociais-democratas,  Carlos Carreiras, a tentar um entendimento com o CDS-PP. Esta estratégia segue a recusa de Pedro Santana Lopes de lançar uma candidatar à presidência da capital.

O presidente social-democrata delegou o ‘dossier’ de Lisboa a Carreiras e sem colocar a questão na comissão permanente do partido, na qual têm assento os vice-presidentes e o secretário- geral do partido, explicou o Público. Recordou que na assinatura
do acordo geral para as alianças autárquicas, na terça-feira, Carreiras não rejeitou a hipótese de uma aliança com o CDS-PP em Lisboa, falando apenas sobre a procura de “convergências”, em contraste com o que havia referido numa entrevista há algumas semanas, quando disse que um apoio do PSD a Cristas seria muito difícil.

Assunção Cristas disse na segunda-feira que o ato eleitoral que se realiza no final do próximo ano vai permitir ao CDS afirmar-se enquanto poder autárquico,

 

Relacionadas

Sondagem: Passos Coelho é cada vez menos popular

António Costa é único líder a consolidar a sua popularidade, embora o Presidente da República lidere a tabela.

Cristas desvaloriza “leituras nacionais” dos resultados das autárquicas

A presidente do CDS-PP assegurou não estar “minimamente preocupada” com “leituras nacionais” dos resultados das eleições autárquicas.

Santana Lopes: “Em termos de Câmara de Lisboa, não devo nada ao PSD”

Santana Lopes decidiu não candidatar-se à Câmara Municipal de Lisboa. Seria “seguramente pesado” lidar com uma terceira derrota, apesar de ter aprendido que “na política pode-se morrer muitas vezes”, disse ao Expresso.

Santana Lopes não se candidata a Lisboa

O provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) e ex-presidente da câmara de Lisboa não se vai voltar a candidatar à presidência da autarquia, noticiou o jornal Expresso.
Recomendadas

Susana Coroado: “Há uma tolerância dos portugueses para com o conceito de ‘rouba mas faz'”

Políticos escondidos atrás da lei sem conseguir construir pontes de confiança com os cidadãos e eleitores com um alto grau de tolerância ao conceito de “rouba mas faz”. Susana Coroado, uma das coordenadoras do estudo “Ética e integridade na política”, da Fundação Francisco Manuel dos Santos, explica nesta “Fast Talk” as principais conclusões apuradas de inquéritos a políticos e eleitores.

Montenegro acusa PS de pôr “pessoas ao serviço do Estado”

O líder social-democrata, Luís Montenegro, considerou no domingo que a característica da governação socialista de ter “as pessoas ao serviço do Estado” é o contrário da visão política de Francisco Sá Carneiro que esteve na génese do PSD.

“Trocas de favores”, nepotismo e benefícios na política incomodam mais do que corrupção propriamente dita, revela estudo

O estudo da FFMS conclui que “uma parte significativa dos cidadãos parece aderir à máxima “rouba, mas faz”. Quanto às medidas autorregulatórias implementadas em Portugal, os avanços têm sido provocados por pressão exógena, isto é, em resposta a escândalos ou a advertências de organizações internacionais.
Comentários