PSD quer ouvir presidente do Turismo de Portugal no Parlamento sobre TAP

O PSD quer ouvir no Parlamento o Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, sobre declarações de incentivo a parcerias com companhias áreas estrangeiras, nomeadamente a espanhola Iberia, em detrimento da TAP.

O PSD quer ouvir no Parlamento o Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, sobre declarações de incentivo a parcerias com companhias áreas estrangeiras, nomeadamente a espanhola Iberia, em detrimento da TAP.

Num requerimento dirigido ao presidente da Comissão de Economia, os sociais-democratas recordam que a transportadora aérea nacional se encontra “em processo de reestruturação, ao abrigo de um Plano de Recuperação apresentado a Bruxelas, que assume o custo de 3,2 mil milhões de euros, implicando um elevado esforço nacional da parte dos portugueses”.

Segundo noticiou na quinta-feira o Jornal de Notícias, num encontro com agentes da região do Norte com a presença da secretária de Estado do Turismo, o presidente do Turismo de Portugal terá feito afirmações que o PSD classifica como “desconcertantes” e que “contrariam em absoluto a posição oficial do Governo relativamente à transportadora aérea nacional, ao seu papel no espaço geográfico nacional e ao serviço que é suposto prestar aos portugueses”.

De acordo com a notícia, Luís Araújo aconselhou aqueles agentes “a esquecer a TAP como parceiro estratégico e, em vez de insistirem nas críticas, a virarem agulhas para a Iberia, pela diversidade de ligações em Madrid”. “Dadas as declarações proferidas e a relevância das mesmas na estratégia da companhia, e considerando que se irão iniciar, já na próxima semana, audições aos sindicatos dos trabalhadores da TAP bem como à CEO da companhia e ao presidente do Conselho de Administração, vem o Grupo Parlamentar do PSD requerer a comparência urgente nesta Comissão do Presidente do Turismo de Portugal”, justificam os deputados sociais-democratas.

 

Recomendadas

Marcelo parte para São Paulo ainda sem “comunicação por escrito” de Bolsonaro

O chefe de Estado português afirmou hoje, antes de partir do Rio de Janeiro para São Paulo, que continua sem receber nenhuma “comunicação por escrito” do Presidente do Brasil a cancelar o almoço de segunda-feira em Brasília.

Futuros ‘vices’ defendem que país “precisa urgentemente” do PSD

Os futuros vice-presidentes do PSD Margarida Balseiro Lopes, Leitão Amaro e Paulo Cunha defenderam hoje que o país “precisa urgentemente do partido”, pelo que é necessário “fazer diferente” e abrir à sociedade civil.

PSD. Montenegro pede “apoio significativo” para as suas listas

O novo presidente do PSD, Luís Montenegro, pediu hoje “um apoio significativo” na votação de domingo para as listas aos órgãos nacionais que anunciou, considerando que tal será “um sinal para Portugal”.
Comentários