PSI 20 arranca a cair mais de 2%. BCP cai mais de 3% e Galp afunda mais de 5%

Situação no Reino Unido preocupa investidores e pressiona praças europeias. Investidores estão preocupados com efeitos da disseminação da nova estirpe do novo coronavírus. Europa já “fechou portas” ao Reino Unido.

O principal índice bolsista português (PSI 20) arrancou esta segunda-feira a negociar no vermelho, em linha com as principais congéneres europeias. O PSI 20 perde 2,11%, para 4.662,57 pontos.

Os investidores estão receosos com a nova variante do novo coronavírus detetada no Reino Unido e que já levou vários países da Europa a proibir ligações aéreas, marítimas e ferroviárias com o Reino Unido, para travar a disseminação da nova estirpe.

O governo do Reino Unido já decretou um novo confinamento em  Londres e na região Sul de Inglaterra. Também o levantamento de algumas medidas restritivas foi anulado.

Esta segunda-feira, os líderes da União Europeia vão reunir e debater um plano conjunto para evitar a disseminação da nova variante do novo coronavírus.

Acresce a esta situação o fracasso das negociações com Bruxelas para o pós-Brexit, antes do dia 31 de dezembro. O prazo para se chegar a um acordo terminou este domingo.

Em Portugal, 16 das 17 empresas cotadas iniciaram negociações no vermelho. O BCP e a Galp Energia estão entre as cotadas que mais penalizam o PSI 20. O banco liderado por Miguel Maya cai 3,66%, para 0,11 euros, e a Galp Energia tomba 5,05%, para 8,34 euros.

A petrolífera portuguesa está a recuar depois de ter anunciado que se prepara para encerrar as suas operações de refinação em Matosinhos no próximo ano, para as concentrar na refinaria de Sines. A empresa justifica a decisão com a quebras nas vendas devido à pandemia da Covid-19 e devido ao “contexto regulatório europeu”.

Entre as maiores quebras destaca-se o sector da pasta e do papel, com a Semapa (-3%), a Altri (-2,90%) e a Navigator (-1,68%) a pressionarem a bolsa nacional.

O grupo EDP também contribui para o mau arranque do PSI 20, com a EDP a perder 1,31% para 4,825 euros e a EDP Renováveis a quebrar 0,74% para 20 euros.

Recomendadas

PSI cai em linha com Europa. Greenvolt e BCP lideram perdas

Dos quinze títulos apenas três fecharam em alta em Lisboa. Lá fora, “o ambiente de contestação social que se vive na China, onde se intensificam os protestos contra a política de Covid zero, está a gerar desconforto aos investidores e que desta forma descontam o mesmo nas bolsas”, realça o analista da MTrader.

Lagarde avisa que taxas de juro vão continuar a subir

Dados da inflação na zona euro em novembro vão ser conhecidos esta semana. BCE reúne-se em meados de dezembro.

Wall Street começa semana em terreno negativo

O Dow Jones começou o dia em Wall Street a perder 0,23% para 34.269,38 pontos, o S&P 500 a ceder 0,59% para 4.002,33 pontos e o tecnológico Nasdaq a recuar 0,38% para 11.183,44 pontos. 
Comentários