PSI 20 negoceia no verde em dia misto na Europa

A bolsa lisboeta vai negociado em ligeira alta, apesar de a generalidade dos principais índices seguir em baixa. Destaque para o STOXX 600, que se aproxima de máximos históricos.

O PSI 20 segue no verde na sessão desta quarta-feira, destoando da generalidade das suas congéneres europeias, apesar de apenas com ganhos ligeiros.

A bolsa lisboeta vai avançando 0,04%, chegando até aos 5.563,16 pontos. Em Madrid, o IBEX 35 recua 0,42% para os 8.652,80 pontos, ao passo que em Paris o VAV 40 vai perdendo 0,13% até aos 7.171,59. Em Frankfurt, o DAX 40 cai 0,45% para os 15.891,15 pontos e o britânico FTSE 100 vai subindo 0,82% até aos 7.432,45 pontos.

O índice pan-europeu STOXX 600 vai acumulando ganhos, subindo 1,13% para os 488,48 pontos.

Destaque em Lisboa para a Greenvolt, que vai liderando os ganhos ao subir 1,60%, seguido pela Jerónimo Martins e Pharol, com 0,75% e 0,53%. Por outro lado, a Mota-Engil cai 0,94%, destacando-se como a principal perdedora da sessão. Galp Energia, BCP e Sonae também negoceiam em baixa.

Nas praças europeias, os investidores vão apostando forte nos sectores do retalho e das viagens, animados pelos dados que apontam para uma menor taxa de hospitalizações e de doença grave decorrente da nova variante Ómicron. Esta tendência vai impulsionando o STOXX 600 perto de máximos históricos na sessão.

Recomendadas

Wall Street fecha a perder, com Nasdaq e S&P 500 a tombar mais de 2%

A nível empresarial, destaque para a queda da Apple de quase 5% depois do Bank of America baixar a empresa de Neutral para Buy, citando preocupações com uma desaceleração nos gastos do consumidor.

PSI fecha no ‘vermelho’. Jerónimo Martins perde mais de 6%

Houve apenas duas cotadas a terminarem a sessão em terreno positivo. Os CTT fecharam a valorizar 3,82% para os 2,72 euros e a Galp cresceu 0,44%, com as suas ações nos 9,63 euros. No mercado cambial, o euro está a ter uma valorização de 0,46% face ao dólar, para os 0,9779 euros.

Wall Street arranca ‘mista’ numa Europa mergulhada no ‘vermelho’

A a Amazon está em destaque, após anunciar um aumento do salário médio dos trabalhadores de armazém, bem como os trabalhadores de entregas. O anúncio antecede em duas semanas o segundo evento de ofertas Prime Day da Amazon, marcado para 11 e 12 de outubro, evento que provocou uma crescente pressão sindical sobre a empresa.
Comentários