PSI 20 regressa às perdas em linha com a Europa

A volatilidade e o volume na Europa deverão ser inferiores à média, consideram os analistas.

Stringer/Reuters

O PSI 20 perde 0,37% para os 4.428, 80 pontos, em linha com as principais bolsas europeias que hoje negoceiam no vermelho. Destaque para as quedas do BCP, Mota Engil, Pharol e Nos, superiores a 1%.

Já a Altri sobe 0,68%, beneficiando da valorização da divisa americana na medida em que as suas receitas são expressas em dólares e preço da pasta e papel é cotado nesta moeda. Jerónimo Martins, EDP e Corticeira Amorim também negoceiam no verde.

Segundo os analistas do BPI, a volatilidade e o volume na Europa deverão ser inferiores à média, não só pela escassez de notícias e indicadores económicos como também em virtude da sessão americana ser curta.

No entanto, um tema de interesse do dia será o comportamento dos bancos italianos. Tendo em vista a realização do referendo constitucional no dia 4 de Dezembro. Ontem, o Monte dei Paschi, o banco mais antigo do mundo, aprovou a realização de um aumento de capital até cinco mil milhões de euros.

Recomendadas

Novabase suspende programa de recompra de ações

A tecnológica já tinha suspendido o programa em junho, tendo depois voltado a retomá-lo. Segundo informação publicada nessa altura, o programa estava previsto durar até 31 de dezembro de 2023.

Encarnado toma conta de Wall Street no fecho da sessão

Mesmo as ações da Taiwan Semiconductor Manufacturing, que negoceia no Dow Jones, caíram mais de 3% apesar de a empresa ter anunciado um investimento de 40 mil milhões de dólares no Arizona, o maior de sempre neste estado norte-americano.

Europa fecha em queda e PSI não é exceção. Juros soberanos em queda

As bolsas europeias fecharam em queda influenciadas pelos indicadores do Estados Unidos que sugerem maior agressividade na subida dos juros do outro lado do Atlântico.
Comentários