PSI-20 segue no ‘verde’ influenciado pelos CTT

Relativamente às congéneres europeias, o alemão DAX valoriza 2,05%, o francês CAC40 impulsiona 2,26%, o britânico FTSE 100 avança 1,15%, o espanhol IBEX 35 sobe 0,90%, o holandês AEX valoriza 2,48% e o italiano FTSE MIB cresce 1,72%.

O PSI-20 segue a meio sessão desta terça-feira, 7 de dezembro, a valorizar 1,14% para 5.572,91 pontos influenciado pelos CTT que sobem 3,23% para 4,32 euros. As congéneres europeias acompanham a dinâmica portuguesa.

Com sinal ‘verde’ está também a EDP que cresce 2,03% para 22,10 euros. A acompanhar a tendência positiva está a Jerónimo Martins com uma evolução de 2,24% para 20,04 euros e a F. Ramada valoriza 2,12% para 6,74 euros.

Em sentido negativo, o BCP perde 0,20%, para 0,14 euros, a Pharol cede 1,18% para 0,08 euros, seguida da Ibersol que recua 1,12% para 5,32 euros. A REN perde 0,98% para 2,51 euros e a Galp Energia cai 0,50% para 8,76 euros.

Quanto às congéneres europeias, o alemão DAX valoriza 2,05%, o francês CAC40 impulsiona 2,26%, o britânico FTSE 100 avança 1,15%, o espanhol IBEX 35 sobe 0,90%, o holandês AEX valoriza 2,48% e o italiano FTSE MIB cresce 1,72%.

Sobre os mercados europeus o analista de mercados do Millenium investment banking, Ramiro Loureiro, destaca que “vivem mais um dia positivo”.

“O selloff generalizado na semana passada, perante uma postura mais Hawkish da Fed e as preocupações com a chegada da nova variante do coronavírus à Europa e Estados Unidos, pode ter levado a correções excessivas em alguns títulos e agora os investidores aproveitam cotações mais baixas para a recompra”, sublinha o analista.

Ramiro Loureiro refere ainda que “os ganhos são hoje transversais a todos os setores do Stoxx 600, com recursos naturais, bens de consumo, retalho e de viagens entre as subidas acima dos 2%”.

No mercado petrolífero a cotação do barril de Brent valoriza 2,52%, com valor de 74,81 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 2,89%, para 71,50 dólares por barril.

No mercado cambial o euro desvaloriza 0,27%, para 1,12 dólares.

Recomendadas

BCP cai 5% e arrasta bolsa de Lisboa para terreno negativo numa Europa mista

“O índice nacional esteve pressionado pela queda de 5% do BCP, numa sessão onde o setor Bancário demonstrou a pior performance na Europa”, escreveu o analista do Millennium BCP, Ramiro Loureiro, na sua análise de fecho de mercados.

CMVM publica cinco decisões de contraordenação, incluindo a coima de 75 mil euros à Orey Antunes

Na base das decisões da CMVM estão três processos por violação de deveres de atuação dos auditores. O processo contra a Orey Antunes por não ter divulgado os documentos de prestação de contas anuais e um processo por violação de deveres dos intermediários financeiros.

Wall Street abre a terceira sessão da semana com perdas ligeiras

A Lyft, concorrente da Uber, é um dos títulos em destaque, depois de anunciar que congelou todas as contratações nos Estados Unidos até ao final do ano, no âmbito de um corte de custos para controlar o impacto da inflação. As ações da plataforma de transporte reagem pela positiva.
Comentários