PSI abre sessão no ‘vermelho’ em manhã mista na Europa. BCP e Greenvolt são as cotadas que mais penalizam

O índice português é penalizado, esta manhã, sobretudo pelo BCP, que cai 1,20% para 0,1892 euros, seguido da Greenvolt, que recua 0,73% para 8,12 euros.

A bolsa de Lisboa está a cair 0,13% para 5.931,77 pontos nos primeiros minutos da sessão desta terça-feira, numa manhã de tendência mista nas praças europeias.

O índice português é penalizado, esta manhã, sobretudo pelo BCP, que cai 1,20% para 0,1892 euros, seguido da Greenvolt, que recua 0,73% para 8,12 euros.

Ainda em terreno negativo estão a NOS e a Sonae que caem, respetivamente, 0,51% para 3,92 euros e 0,27% para 0,9360 euros.

Por outro lado, a EDP Renováveis sobe 0,69% para 20,41 euros e a EDP ganha 0,21% para 4,80 euros.

No mercado petrolífero, o brent sobe 0,12% para 86,23 dólares e o crude ganha 0,01% para 80,14 dólares.

Em atualização.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

IGCP aponta para custo médio de financiamento de Portugal de 2,1% em 2023

As estimativas preliminares foram reveladas hoje pelo presidente do IGCP – Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública, Miguel Martín, durante uma audição parlamentar na Comissão de Orçamento e Finanças (COF).

Censos mostram que parque habitacional cresceu 1,7% entre 2011 e 2021

O crescimento do alojamento em Portugal abrandou na última década, condicionado por crises da dívida soberana e pela pandemia, e as assimetrias no país mantêm-se: o litoral concentra a maioria da residência habitual e as casas com três ou mais divisões em excesso ultrapassam as situações de sobrelotação.
Comentários