PSI no “vermelho” em contraste com tendência positiva nas praças europeias

Os mercados europeus estão a ganhar a meio de um dia marcado pela interrupção do fornecimento de gás da Rússia para a Polónia e Bulgária.

O PSI negoceia no “vermelho” a meio da sessão desta quarta-feira, estando a cair 0,19% para 5.850,50 pontos, pressionada sobretudo pelos títulos do BCP.

O banco liderado por Miguel Maya está a recuar 1,98% para 0,1488 euros, seguido da SONAE, que perde 0,40% para 0,9895 euros, e da Jerónimo Martins, que desvaloriza 0,39% para 20,36 euros.

A família EDP está a perder ligeiramente, com a holding a cair 0,09% para 4,448 euros e a EDP Renováveis a descer 0,22% para 22,62 euros.

Em contracorrente estão, entre outras cotadas, a NOS e a Galp, que sobem 1,35% para 4,042 euros e 0,37% para 10,775 euros, respetivamente.

A generalidade das praças europeias negoceia em terreno positivo, num dia marcado pela interrupção do fornecimento de gás da Rússia para dois países europeus.

O alemão DAX sobe 20% para 13.784,07 pontos, o britânico FTSE avança 0,74% para 7.440,75 pontos e o francês CAC sobe 0,44% para 6.442,90 pontos.

“Os índices europeus estão a ser negociados de forma estável durante esta quarta-feira, apesar das fortes quedas registadas ontem. A interrupção do fornecimento de gás natural russo para a Polónia e a Bulgária é o principal tema na Europa hoje”, salienta um analista da Xtb.

No mercado petrolífero, o Brent ganha 0,30% para 104,92 dólares e o WTI valoriza 0,24% para 101,94 dólares. O gás natural está no ‘verde’ a crescer 1,45% para 7,079 dólares.

No mercado cambial, o euro perde 0,47% para 1,0586 dólares e a libra esterlina avança 0,04% para 1,2576 dólares.

Recomendadas

Wall Street encerra mista. Resultados das tecnológicas aliados à inflação preocupam investidores

O S&P 500 encerra a perder 0,81% para os 3.941,48 pontos. O índice tecnológico Nasdaq também fechou o dia em terreno negativo, a cair 2,35% para 11.264,45 pontos. Já o industrial Dow Jones encerrou o dia no ‘verde’, a subir 0,15% para 31.928,62 pontos.

Bolsa de Lisboa contraria Europa e encerra em terreno positivo com a EDP a liderar ganhos

Contrariamente, as congéneres europeias encerram a sessão no ‘vermelho’, excetuando o espanhol Ibex 35, que valoriza 0,05%.

Wall Street abre no ‘vermelho’. Snapchat arrasta sector tecnológico com perdas superiores a 38%

As ações da Snapchat (Snap) caem 38,05% para 13,96 dólares e arrastam o sector tecnológico depois de a empresa ter emitiu uma declaração em que fazia uma revisão em baixa das suas previsões sobre o crescimento trimestral e apontou para a deterioração do ambiente macroeconómico.
Comentários