PSI no ‘vermelho’ em manhã mista nos mercados europeus

No mercado petrolífero, o brent ganha 0,04% para 94,46 pontos e o crude avança 0,08% para 88,52 pontos.

A bolsa de Lisboa iniciou a última sessão da semana em terreno negativo, estando a perder 0,29% para 5.391,52 pontos, penalizada sobretudo pela EDP Renováveis, que cai 1,21% para 21,29 euros.

Ainda a negociar no vermelho estão a Greenvolt, que recua 0,24% para 8,29 euros, a Jerónimo Martins, que desce 0,37% para 18,87 euros e a Mota-Engil, que desvaloriza 1,19% para 1,076 euros.

Por outro lado, a EDP ganha 0,11% para 4,41 euros e a Galp sobe 0,48% para 10,40 euros.

O sentimento é misto nos mercados europeus esta manhã. O alemão DAX recua 0,05% para 12.464,77 pontos, o espanhol IBEX cai 0,13% para 7.501,68 pontos, enquanto o britânico FTSE avança 0,06% para 7.000,19 pontos e o francês CAC ganha 0,18% para 7.000,19 pontos.

No mercado petrolífero, o brent ganha 0,04% para 94,46 pontos e o crude avança 0,08% para 88,52 pontos.

 

Em atualização

Recomendadas

Wall Street começa semana em terreno negativo

O Dow Jones começou o dia em Wall Street a perder 0,23% para 34.269,38 pontos, o S&P 500 a ceder 0,59% para 4.002,33 pontos e o tecnológico Nasdaq a recuar 0,38% para 11.183,44 pontos. 

PSI no ‘vermelho’ a meio da sessão pressionado pela energia

A EDP Renováveis perde 2,83% para 21,95 euros, a EDP recua 1,92% para 4,39 euros, a Galp desvaloriza 1,95% para 11,29 euros e a Greenvolt cai 2,35% para 7,90 euros.

Santander lança fundo de investimento social em parceria com a ONG do Bono e Bobby Shriver (com áudio)

O Banco Santander, através da SAM, celebrou uma aliança com a (RED), a ONG cofundada por Bono e Bobby Shriver para angariar fundos destinados ao combate à SIDA. O fundo doará 15% da sua comissão de gestão para promover projetos. O fundo começou a ser comercializado em Espanha, Portugal, Reino Unido, Alemanha, Chile e nos centros nos quais opera o Santander Private Banking Internacional.
Comentários