PSI segue sessão em terreno negativo. Jerónimo Martins perde mais de 4%

As principais bolsas europeias também encontram-se todas no ‘vermelho’, com o IBEX 35 (Espanha) a desvalorizar 1,38%, o CAC 40 (França) a perder 1,14%, o DAX (Alemanha) a cair 1,12% e o FTSE 100 (Reino Unido) a recuar 0,79%.

A Bolsa de Lisboa encontra-se a meio da sessão desta quinta-feira em terreno negativo, a desvalorizar 0,33% para 5.367,58 pontos, com a Jerónimo Martins a registar perdas superiores a 4%.

A Jerónimo Martins lidera nas perdas, a desvalorizar 4,03%, com as suas ações a valerem 19,77 euros, seguida da Sonae, que perde 1,31% para os 0,8290 euros, enquanto a Mota Engil cai 1,10% para os 1,074 euros.

O BCP também está a desvalorizar 0,31%, com as suas ações a valerem 0,1271 euros e a EDP está a perder 0,22% para os 4,53 euros.

Os CTT lideram nos ganhos, a valorizar 1,91%, com as suas ações a valerem 2,67 euros, seguidos da EDP Renováveis, que ganha 1,61% para os 21,46 euros, enquanto a Greenvolt cresce 1,43% para os 8,54 euros.

As ações da Altri e da Corticeira Amorim mantêm-se inalteradas nos 5,13 euros e nos 8,97 euros, respetivamente.

As principais bolsas europeias também se encontram todas no ‘vermelho’, com o IBEX 35 (Espanha) a desvalorizar 1,38%, o CAC 40 (França) a perder 1,14%, o DAX (Alemanha) a cair 1,12% e o FTSE 100 (Reino Unido) a recuar 0,79%.

Analistas do Bankinter destacam que ontem o Banco de Inglaterra interveio para evitar o colapso das obrigações. “O plano fiscal do novo governo preocupa os mercados. O BoE promete compras ilimitadas de obrigações a longo prazo. Depois do anúncio o gilt e a libra recuperaram”, frisam.

Os analistas salientam também que o gás e petróleo estão mais caros, com uma forte subida do gás na Europa, depois dos danos causados ao Nordstream e da Rússia ameaçar impedir o abastecimento através da Ucrânia. Além disso, o petróleo também sobe depois da diminuição das reservas nos Estados Unidos e das novas sanções europeias à Rússia.

“A inflação alemã pode alcançar um novo máximo, espera-se que suba até mais 9,5%. O fim das medidas temporárias de alívio da inflação e o encerramento do Nordstream 1 terá o seu impacto no IPC”, explicam.

Por fim, sublinham que a Porsche começa a ser cotada em bolsa esta quinta-feira na bolsa alemã. “A valoração da empresa parece-nos razoável. Um valor de 75 mil milhões de dólares implica um EV/EBITDA estimado para 2023 de 7,7x e um PER de 13,9x. Preço de saída 82,50 euros por ação”, destacam.

O preço do barril de petróleo está a valorizar, com o brent a subir 0,44% para os 88,44 dólares e o crude a ganhar 0,54% para os 82,59 dólares.

No mercado cambial, o euro está a ter uma desvalorização de 0,29% face ao dólar, para os 0,9706 euros.

[Atualizada às 12h20]

Recomendadas

Taxas Euribor sobem a três e seis meses e caem a 12 meses

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que entrou em terreno positivo em 06 de junho, subiu hoje, para 2,456%, mais 0,014 pontos, batendo um novo máximo.

Bolsas europeias negoceiam mistas aguardando próxima reunião da Fed

Na quarta-feira, Wall Street encerrou com o índice Standard & Poor’s a cair 0,19% para 3.933,92 pontos, enquanto o Nasdaq perdia 0,51% para 10.958,55 pontos e o Dow Jones Industrial mantinha-se inalterado nos 33.597,92 pontos.

Bolsa de Lisboa inicia sessão em terreno negativo

Na quarta-feira, o PSI fechou a descer 0,22%, para 5.852,78 pontos, em linha com o resto da Europa.
Comentários