Publicidade duplica lucro da Cofina até setembro

O lucro da Cofina mais do que duplicou (cresceu 202%) até setembro, face a igual período de 2013, para 4,7 milhões de euros, “a beneficiar de uma melhoria continuada no segmento da publicidade”, anunciou hoje o grupo. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Cofina adianta que o resultado antes […]

O lucro da Cofina mais do que duplicou (cresceu 202%) até setembro, face a igual período de 2013, para 4,7 milhões de euros, “a beneficiar de uma melhoria continuada no segmento da publicidade”, anunciou hoje o grupo.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Cofina adianta que o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) subiu 12,9% para 10,9 milhões de euros e as receitas operacionais recuaram 0,3% para 78,3 milhões de euros.

No entanto, as receitas publicitárias cresceram 5,7% para 26,5 milhões de euros e as de produtos de marketing alternativo e outros subiram 2,3% para 10,6 milhões de euros, quase a compensar a quebra de 4,5% na circulação para 41,3 milhões de euros.

Em termos de receitas por segmentos, que no total desceram 0,3% para 78,3 milhões de euros, a dos jornais subiu 0,5% para 62,8 milhões de euros, enquanto a das revistas diminuiu 3,3% para 15,5 milhões de euros.

A Cofina detém títulos como Correio da Manhã, CM TV, Jornal de Negócios e revista Sábado, entre outros.

Os custos operacionais do grupo recuaram 2,2% para 67,3 milhões de euros.

O EBITDA dos jornais subiu 1,7% para 10,77 milhões de euros, com uma margem de 17,2%, mais 0,2 pontos percentuais do que nos primeiros nove meses de 2013.

O EBITDA das revistas regressou a terreno positivo, ao atingir 213 mil euros, com uma margem de 1,4%, a melhorar 6,7 pontos percentuais.

“A dívida líquida nominal da Cofina era de 68,5 milhões de euros no final de setembro de 2014, o que representa uma redução de 4,9 milhões de euros face ao registo no final de 2013”, adianta.

 

OJE/Lusa

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Greve dos trabalhadores da CP e IP suprimiu 394 comboios até às 12:00

“Até às 12:00, circularam 164 comboios, todos de serviços mínimos”, destacou a mesma fonte, indicando que o “total programado até esta hora era de 558 comboios”.

EDP: “A Europa teve sorte este inverno, não vai haver problemas de abastecimento”

“Europa já está livre da dependência do gás da Rússia”, disse hoje Joana Freitas da EDP Produção.