Quais são as pastas branqueadoras que mais branqueiam? A resposta é surpreendente

As pastas branqueadoras são em média 40% mais caras do que as “normais”. Mas apresentam resultados semelhantes às restantes.

Todos queremos aqueles dentes brancos, sem manchas amarelas. Mas, segundo a Deco, isso só é possível se já tiver essa informação no código genético ou, se fizer tratamentos com um médico dentista.

Mas, aquelas pastas dos dentes “branqueadoras” que compra, não resultam. A Deco testou 13 pastas de dentes branqueadoras e duas “normais”, para representar as marcas dos supermercados. O objetivo era saber se as pastas mais caras e com o tal rótulo de “branqueador” tornam os dentes mais brancos, como dizem as embalagens.

Durante o estudo, todos os participantes utilizaram o mesmo tipo de escova, lavaram os dentes apenas com os dentífricos testados e não recorreram a produtos que pudessem interferir nos resultados, como elixires, escreve a Deco no site.

E o resultado foi surpreendente. As pastas ditas branqueadoras “não alteram a cor natural dos dentes, que é geneticamente determinada”.

Para além de serem todas eficaz ao mesmo nível, as “branqueadoras” são ainda, em média, 40% mais caras do que as restantes.

A Deco alertou o Infarmed para que a palavra branqueadora seja “eliminada das embalagens, por ser enganosa”.

 

Recomendadas

Respostas Rápidas: como deve investir a pensar na reforma?

Com uma estrutura demográfica cada vez mais envelhecida, as dúvidas em torno da sustentabilidade da Segurança Social no médio-prazo reforçam o papel da poupança privada no rendimento dos portugueses em reforma, pelo que importa compreender os vários instrumentos financeiros ao seu dispor.

Respostas rápidas: é assim que pode ir para a reforma antes dos 66 anos e sete meses

Não tem 66 anos e sete meses, mas quer ir para a reforma? Há vários regimes que permitem a antecipação da pensão de velhice. O Jornal Económico explica, com base num guia do ComparaJá.

Respostas Rápidas: como pode aceder ao complemento solidário para idosos ou outras pensões?

A propósito do Dia Internacional do Idoso e dado o envelhecimento cada vez maior da sociedade portuguesa, importa compreender como podem os contribuintes aceder a vários apoios disponibilizados pela Segurança Social.
Comentários