Qual o melhor banco para abrir conta jovem em 2022?

No contexto atual, quanto mais cedo se começar a poupar, melhor. Descubra como escolher o melhor banco para abrir conta jovem.

Nunca é demasiado cedo para começar a poupar. Amealhar um pé-de-meia pode fazer a diferença para conseguir responder ao maior número de imprevistos possível. Saber escolher o melhor banco para abrir conta jovem é uma ajuda preciosa, pelas taxas favoráveis, comissões reduzidos, e oferta de produtos financeiros para cada caso.

Descubra, neste artigo elaborado pelo ComparaJá.pt, quais são os melhores bancos para abrir conta jovem e começar já a poupar para o futuro.

O que é uma conta jovem?

Uma conta jovem é uma conta bancária especialmente criada a pensar nos mais novos, que ainda não têm rendimentos nem despesas significativas, mas com necessidade de ter dinheiro à mão.

As especificidades das contas jovem variam de banco para banco e, dentro do mesmo banco, podem ainda ser diferentes de acordo com determinadas faixas etárias. Contudo, em regra, disponibilizam condições especiais que permanecem em vigor enquanto o jovem não atinge a idade-limite regulamentada pelo banco que, geralmente, não ultrapassa os 30 anos de idade.

Abrir uma conta jovem é fácil e tem muitas vantagens, tanto para os mais novos como para os pais. Por um lado, não paga comissões de manutenção. A conta jovem pressupõe que o titular não tenha uma atividade financeira frequente, pelo que o banco não cobra comissões de manutenção, nem cobra despesas associadas à inatividade da conta. Também não paga por domiciliar pagamentos.

Alguns bancos oferecem atribuem condições especiais aos titulares de contas jovem que contratem um crédito para pagar a sua formação, ou um crédito pessoal ou ainda um crédito para adquirir um automóvel. As contas jovem podem ainda estabelecer um limite diário à utilização do cartão de débito, e não paga.

Qual é o melhor banco para abrir conta jovem?

É possível abrir uma conta jovem em praticamente todos os bancos do mercado português. Conheça de seguida as condições e benefícios das principais entidades financeiras.

1. Conta Júnior, Banco CTT

O Banco CTT disponibiliza a Conta Júnior, destinada a jovens dos 0 aos 17 anos, pensada para quem está a dar os primeiros passos na sua vida financeira. O montante mínimo de abertura de conta é de €25, e os titulares estão isentos de comissões de manutenção. A Conta Júnior inclui acesso ao homebanking bem como a transferências gratuitas dentro do espaço SEPA.

2. Conta Bankinter Filhos e Mini, Bankinter

O Bankinter criou a Conta Bankinter Filhos, destinada a jovens dos 18 aos 25 anos, que reúne vantagens especiais para fazer face a momentos especiais de vida, como tirar a carta de condução, comprar carro ou entrar na faculdade.

O banco não exige um valor mínimo de abertura de conta, e não cobra comissões de manutenção. Inclui ainda acesso a um cartão de crédito Bankinter Consumer Finance BK Power (Visa) e a um cartão de débito sem anuidade.

O Bankinter coloca também à disposição a Conta BK Mini, recheada de vantagens para os jovens dos 0 aos 17 anos, para que comecem desde cedo a contar com o seu banco. Neste caso, já é necessário o montante mínimo de €25 para abrir a conta, e disponibiliza um cartão de débito de forma gratuita a partir dos 14 anos, com limite de utilização diária de €50.

3. Conta AGE, BPI

O Banco Português de Investimento é, atualmente, o quarto maior grupo financeiro privado português. Disponibiliza a Conta AGE Júnior, para titulares com idade entre os 0 e 12 anos. É necessário o montante mínimo de €25 para abrir conta, e está isenta de comissões de manutenção. O jovem terá acesso à BPI App e BPI Net em qualquer altura.

Os jovens com idade entre os 13 e 25 anos podem considerar a Conta AGE Jovem, que exige também o montante mínimo de €25. Os titulares podem beneficiar de um cartão de crédito e também de um cartão de débito. Têm igualmente acesso ao MB WAY de forma gratuita na BPI App, e a descontos em mais de 250 marcas, com ofertas em viagens, tecnologia e desporto.

4. Conta CaixaJovem, Caixa Geral de Depósitos

A Caixa Geral de Depósitos conta com mais de 145 anos de história e forte presença internacional, e oferece aos seus clientes quase todas as especializações de serviços financeiros.

Este banco disponibiliza a Conta CaixaJovem para titulares dos 0 aos 25 anos, sem despesas de manutenção. O montante mínimo requerido para abertura de conta é de €100. Esta conta pode ser movimentada online, no Caixadirecta ou, a partir dos 12 anos, através do Mega Cartão Jovem, na rede Multibanco. A partir dos 18 anos, o jovem pode movimentar a conta com qualquer cartão de débito.

5. Conta 1, 2, 3, Crédito Agrícola

O Crédito Agrícola disponibiliza 3 tipos de contas para os mais novos. A Conta 1, 2, 3 abrange jovens dos 0 aos 12 anos, sem montante mínimo de abertura, e permite a constituição de aplicações a prazo. Esta conta não permite o acesso a cartões, mas pode ser movimentada a débito e a crédito nas mais de 600 agências por todo o país através de transferências a crédito ou depósito de numerário ou valores.

Para os titulares com idade compreendida entre os 13 e 17 anos, a Conta BeFree também não exige montante mínimo e é isenta de comissões. Concede acesso aos produtos Poupança Futuro, Depósito a Prazo Normal e Poupança Habitação Jovem.

Por último, a Conta Superjovem abrange titulares com idade até 30 anos, e abre portas a vários produtos financeiros do banco com condições especiais, como cartão de débito UNPLUGGED, cartão de crédito TWIST, Poupança Geração Jovem, Poupança Habitação Jovem e Depósito a Prazo Normal.

6. Conta à Ordem com Futuro, EuroBic

O Banco EuroBic tem, ao longo dos anos, solidificado o propósito de ser um banco próximo das famílias em Portugal. Esta entidade financeira coloca à disposição a Conta à Ordem com Futuro, especialmente concebida para jovens dos 0 aos 17 anos, com o montante mínimo de constituição de €25, isenta de comissões.

Esta conta prevê a possibilidade de atribuir um cartão de débito a maiores de 12 anos, que permite levantar dinheiro, carregar o telemóvel e consultar saldo, entre outras operações. Além disso, concede acesso a uma Conta Poupança com Futuro e a uma Conta Poupança Habitação com Futuro.

Para os jovens dos 18 aos 25 anos, o EuroBic criou a Conta Cool, com o montante mínimo de constituição de €25 e sem comissões. Os titulares beneficiam de uma redução de 50% na comissão de abertura do Super Crédito Pessoal e do acesso a Depósito a Prazo Poupança Cool, com condições especiais.

7. Conta Júnior, Millennium BCP

O Millennium BCP é o segundo maior banco em Portugal com mais de 500 sucursais espalhadas pelo país, sendo também uma instituição de referência a nível internacional. Este banco disponibiliza três contas dedicadas aos mais jovens.

A Conta Júnior encontra-se vocacionada para titulares dos 0 aos 13 anos, e exige o montante mínimo de €150. Está isenta de comissões e conta com um Cartão Free Júnior, ideal para a mesada dos seus filhos.

Este cartão pode ser carregado quando quiser, quer de forma pontual ou programada, e os pagamentos são feitos de forma digital, através do smartphone ou smartwatch, sem utilizar o cartão físico. Há também descontos convidativos em algumas marcas parceiras.

Os jovens dos 14 aos 17 anos podem contar com uma Conta Millennium BCP GO! UP, com o mesmo montante mínimo de constituição, mas com uma comissão de €1 por mês, acrescida do Imposto de Selo. Para além disso, têm acesso a um Cartão Free Júnior, um Seguro de Responsabilidade Civil, e a operações digitais no website do Banco.

Para os jovens dos 18 aos 30 anos, o Banco criou a solução Millennium GO!, que concede acesso a Pagamentos Digitais, Compras Online e à App Millennium. O montante mínimo de abertura é de €250 e é cobrada uma comissão de €1 por mês em caso de domiciliação de ordenado de valor igual ou superior a €500 (ou se aderir ao Extrato Digital).

8. Conta Movimento Júnior, Novo Banco

O Novo Banco dispõe de 4 tipos de contas para os mais jovens. A Conta Movimento Júnior está vocacionada para crianças dos 0 aos 12 anos, e exige um valor mínimo de abertura de €40. Esta conta fornece acesso ao banco online e ainda a investimentos especialmente selecionados. Ainda, a criança poderá ter acesso a uma Conta Poupança Programada Júnior (depósito a prazo de 3 anos).

A Conta Jovem, para adolescentes dos 13 aos 17 anos, requer o valor de €50 para abertura, e permite utilizar os canais digitais (website e app). O titular terá acesso gratuito a um cartão débito jovem e um cartão pré-pago tipo, que permite fazer pagamentos, levantamentos e carregamentos, com um montante máximo diário definido. Há ainda acesso a vários produtos de poupança.

A Conta 18.25, como o próprio nome indica, foi criada para jovens dos 18 aos 25 anos, e exige um montante mínimo de €50. O titular recebe, de forma gratuita, um cartão de débito e um cartão pré-pago tipo, com acesso à Solução Ordenado com uma facilidade de descoberto até €10.000.

Por último, a Conta 26.31 abrange jovens entre os 26 e 31 anos, e beneficia das mesmas condições da conta anterior, com a vantagem adicional de aceder gratuitamente a um cartão de crédito.

9. Conta Stream, Santander

O Santander é um dos maiores bancos da União Europeia. Esta instituição financeira disponibiliza a Conta Stream, pensada para jovens dos 0 aos 30 anos de idade. O montante mínimo exigido para abrir conta é de €0 se a abertura for efetuada com Chave Móvel Digital, ou de €5 se for constituída online por videochamada.

Encontra-se isenta de comissões e inclui um cartão de débito, gratuito até aos 25 anos. Conta também com um Seguro de Responsabilidade Civil Familiar, gratuito durante um ano, e permite efetuar transferências online gratuitas e ilimitadas.

Conclusão

Se quer começar já a precaver o futuro dos seus filhos e a ensinar-lhe o valor de uma boa gestão financeira, considere os fatores aqui analisados para escolher o melhor banco para abrir conta jovem.

A informação não substitui a consulta direta com as entidades bancárias, pelo que deve procurar o esclarecimento com o próprio banco sobre todas as condições associadas às contas jovens. Pesquise, esclareça, tire dúvidas e não deixe para amanhã o que pode começar a poupar hoje.

Relacionadas

Transferência de crédito: o que é, vantagens e novos prazos

Se está a considerar uma transferência de crédito para outra instituição bancária, saiba como são calculados os prazos e veja se é uma boa solução para si.

Documentos para pedir crédito: quais são e porque são solicitados?

Quer saber quais são os documentos exigidos pelos bancos para pedir um crédito habitação, automóvel ou pessoal? Descubra aqui.

Cartão de crédito virtual: para que serve e como criar?

Gerar um cartão de crédito virtual é uma funcionalidade que permite fazer compras online mais seguras. Aprenda, neste artigo, como fazer.

Aprenda a ler o extrato bancário

Um extrato bancário tem mais do que os movimentos que fez ao longo do mês. Aprenda sobre todas as informações disponibilizadas neste documento.

5 operações com cartão de crédito que facilitam a sua vida

Sabe quais os benefícios do cartão de crédito? Conheça aqui as cinco operações que pode fazer com este produto para facilitar a gestão do seu dia-a-dia.

Referência multibanco: como saber a quem pertence uma entidade?

Fique a par de tudo sobre a chamada referência multibanco, utilizada para realizar pagamentos, e descubra a quem pertence uma determinada entidade.
Recomendadas

Respostas Rápidas: como deve investir a pensar na reforma?

Com uma estrutura demográfica cada vez mais envelhecida, as dúvidas em torno da sustentabilidade da Segurança Social no médio-prazo reforçam o papel da poupança privada no rendimento dos portugueses em reforma, pelo que importa compreender os vários instrumentos financeiros ao seu dispor.

Respostas rápidas: é assim que pode ir para a reforma antes dos 66 anos e sete meses

Não tem 66 anos e sete meses, mas quer ir para a reforma? Há vários regimes que permitem a antecipação da pensão de velhice. O Jornal Económico explica, com base num guia do ComparaJá.

Respostas Rápidas: como pode aceder ao complemento solidário para idosos ou outras pensões?

A propósito do Dia Internacional do Idoso e dado o envelhecimento cada vez maior da sociedade portuguesa, importa compreender como podem os contribuintes aceder a vários apoios disponibilizados pela Segurança Social.
Comentários