PremiumQual vai ser a injeção de apoio na TAP?

O maior esforço que o país terá de fazer para reestruturar a TAP ocorrerá no próximo ano, atendendo a que em 2021 será efetuada a maior injeção de dinheiro na transportadora aérea nacional, que deverá variar entre 970 milhões de euros e 1.164 milhões de euros, segundo os cenários do plano de reestruturação apresentados publicamente pelo ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.

O maior esforço que o país terá de fazer para reestruturar a TAP ocorrerá no próximo ano, atendendo a que em 2021 será efetuada a maior injeção de dinheiro na transportadora aérea nacional, que deverá variar entre 970 milhões de euros e 1.164 milhões de euros, segundo os cenários do plano de reestruturação apresentados publicamente pelo ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Lucros do Banco de Fomento sobem 135% para 22,9 milhões de euros em 2021

“Este aumento explica-se, essencialmente, pelo crescimento do produto bancário que passou de 31,89 milhões de euros, em 2020 para 44,69 milhões de euros no ano em análise”, ou seja, subiu 40%.

Governos podem precisar de taxar empresas de energia para ajudar os mais pobres, diz CEO da Shell

O presidente executivo da Shell considera que o mais importante é “proteger os mais pobres” e como tal os governos podem vir a precisar de taxar empresas de energia. “Há uma discussão a ser feita sobre isso, mas acho que é inevitável” a necessidade de intervenção, considerou.
Deloitte

Confiança das empresas na política fiscal do Governo desceu para mínimos de 2014, revela Deloitte

O estudo da Deloitte conclui “que uma maioria crescente dos empresários portugueses consideram o sistema fiscal complexo e ineficaz”. Sobre a competitividade e atratividade da economia portuguesa, os inquiridos elegem, como áreas de mudança mais importantes para a captação de investimento, a legislação laboral (48%) e a simplificação da burocracia em geral (47%).
Comentários