Quanto custa a entrega ao domicilio pelos supermercados? Deco Proteste deixa alertas

Entidade analisou a informação disponibilizada pelos supermercados online, onde em alguns casos o valor a pagar pelo cliente não surge de forma clara e concreta, concluiu.

A Deco Proteste está a alertar os consumidores para a falta de informação dos custos de entrega ao domicílio por parte dos supermercados online. Em comunicado divulgado esta terça-feira, 21 de dezembro, a entidade indica que no site de 11 estabelecimentos comerciais o valor a pagar pelo cliente não surge de forma clara e concreta.

Apolónia, Auchan, Comuniti, Continente, E.Leclerc, El Corte Inglés, Froiz, Intermarché, Minipreço, Pingo Doce e Spar, são os supermercados que fazem entregas online e onde a DECO fala de informação de insuficiente, tendo sido feitas simulações de compra para ver que informação era dada sobre os custos de entrega ao domicílio no momento da finalização da encomenda.

“Nos casos do Continente, Intermarché e E.Leclerc, só depois de fazer o registo e de simular uma encomenda é que foi possível saber, de forma exata, quanto iria custar o serviço”, refere a DECO em comunicado, considerando esta prática como “não sendo a mais adequada”, dado que o consumidor “deve poder ter acesso a esta informação antes de iniciar o processo de compra, para ser um verdadeiro critério de escolha”.

Já no E.Leclerc Online, a DECO revela que “não encontrou nenhuma informação prévia sobre os custos da entrega”, acrescentando que para fazer uma compra pela internet naquele estabelecimento comercial é necessário “selecionar um dos 13 hipermercados que têm o serviço e ver se faz entregas ao domicílio na zona pretendida”, alertando que o custo cobrado pela entrega varia consoante o hipermercado. “Uma entrega na zona do Seixal custava 2,50 euros, em Braga ou em Oeiras eram 5,90 euros”, indica o comunicado.

Por sua vez, o supermercado Froiz têm toda a informação sobre os custos de entrega disponível sem necessidade de iniciar o processo de compra, sendo que “o serviço de entrega ao domicílio tem um custo de quatro euros, para compras abaixo dos 50 euros, e em compras com valor igual ou superior a 50 euros e inferior a 100 euros, a entrega custa dois euros, e é gratuita em compras a partir de 100 euros.

Recomendadas

Sabia que as dívidas também prescrevem? Saiba mais sobre estes prazos

Relembramos que existem exceções na lei que podem alterar algum destes prazos. Por isso, o melhor será sempre o consumidor contactar primeiramente entidades que o possam ajudar e não deixar arrastar a situação. 

PremiumOptimize promove conferência que ensina a poupar e investir

Evento promove a literacia financeira, a poupança e o investimento e realiza-se em Lisboa a 3 de dezembro. O JE será media partner.

Crédito pessoal para jovens: 8 dicas para conseguir

O crédito pessoal para jovens pode ser mais difícil de obter, pela instabilidade profissional e baixos rendimentos nesta fase. Saiba o que é necessário.
Comentários