Rainha Isabel II faz homenagem ao Duque de Edimburgo na mensagem de Natal

“Para mim e para a minha família, mesmo com um riso familiar a faltar este ano, haverá alegria no Natal”, garantiu a rainha de Inglaterra. É a primeira mensagem de Natal da monarca britânica desde a morte do seu companheiro de vida durante mais de sete décadas, o príncipe Philip.

Hannah McKay / Reuters

A rainha de Inglaterra fez este sábado uma homenagem ao Duque de Edimburgo e destacou o Jubileu de Platina – que marca os 70 anos ao serviço da monarquia – na sua mensagem de Natal.

“Para mim e para a minha família, mesmo com um riso familiar a faltar este ano, haverá alegria no Natal, pois teremos a oportunidade de relembrar e ver de novo a maravilha da época festiva pelos olhos dos nossos filhos pequenos, os quais tivemos o prazer de receber mais quatro este anos”, referiu Isabel II.

É a primeira mensagem de Natal de Isabel II desde a morte do seu companheiro de vida durante mais de sete décadas, o príncipe Philip, pelo que a monarca britânica discursou junto a uma moldura com uma fotografia do casal tirada durante a celebração das suas bodas de diamante (60 anos de casamento), em 2007.

“Embora a Covid-19 signifique novamente que não podemos comemorar tão bem quanto gostaríamos, ainda podemos desfrutar das muitas tradições felizes. Seja o canto das canções de natal (desde que a música seja bem conhecida), decorar a árvore, dar e receber presentes ou ver um filme favorito no qual já sabemos o final”, destacou a rainha, num vídeo que foi gravado na semana passada, transmitido nas redes sociais da família real britânica, BBC e ITV às 15h00, para que tanto o Reino Unido como os restantes países da Commonwealth possam assistir.

Aliás, a Comunidade das Nações foi mencionada por diversas vezes na mensagem natalícia: “O príncipe Philip sempre se preocupou com essa sensação de passar o bastão. É por isso que criou o Prémio Duque de Edimburgo, que oferece aos jovens de toda a Commonwealth, e não só, a oportunidade de explorar e aventurarem-se. Continua a ser um sucesso surpreendente”.

Isabel II fez ainda referência ao facto de em fevereiro, já “daqui a seis semanas”, ser o ano do seu Jubileu de Platina. “Espero que seja uma oportunidade para as pessoas em todos os lugares desfrutarem de uma sensação de união, uma oportunidade de agradecer as enormes mudanças dos últimos 70 anos – sociais, científicas e culturais – e também de olhar para o futuro com confiança”, afirmou.

A rainha de Inglaterra, com 95 anos, tinha seis anos de idade quando ocorreu a primeira transmissão da mensagem de Natal real, em 1932, pelo seu avô, o rei George V. No início dos anos 30, o discurso foi transmitido ao vivo, pela rádio, a partir de de Sandringham (Norfolk), a residência particular da família e o local onde passam a Consoada. Porém, pelo segundo ano consecutivo, Isabel II ficará em Windsor Castle por causa da pandemia.

Recomendadas

Irão: ‘Polícia da moralidade’ poderá ser substituída por “novas tecnologias”

O Centro de Promoção da Virtude e Proibição do Vício do Irão afirmou hoje “que a missão da polícia da moralidade terminou”, mas sublinhou que estão a ser estudadas novas tecnologias para controlar o vestuário das mulheres.

Ucrânia: Operadora de eletricidade anuncia cortes de emergência em todo o país

A operadora de eletricidade ucraniana Ukrenergo avisou hoje que vai ser preciso realizar cortes de energia de emergência em toda a Ucrânia, devido aos mais recentes ataques russos.

Mike Pence rejeita comentários de Trump contra a Constituição dos EUA

O ex-vice-presidente norte-americano Mike Pence rejeitou hoje as afirmações de Donald Trump de que deveria “acabar-se” com a Constituição do país para que pudesse ser reintegrado na Presidência.
Comentários