PremiumRamalho e equipa com mais de cinco milhões em prémios desde 2019

Os prémios atribuídos à equipa de António Ramalho apenas podem ser pagos após o “ok” de Bruxelas ao plano de reestruturação. Em 2021, o banco concedeu 1,6 milhões em remuneração variável.

O Novobanco atribuiu mais 1,6 milhões de euros em prémios à equipa liderada por António Ramalho, com base nas contas de 2021.

Um ano em que apesar de ter obtido os primeiros lucros anuais da sua história, pediu mais 200 milhões de euros ao Fundo de Resolução. Somando este valor ao que já foi atribuído nos anos anteriores, a gestão já assegurou mais de cinco milhões de euros em remuneração variável ao longo de três anos. No entanto, este montante apenas poderá ser pago depois de Bruxelas dar luz verde à conclusão do plano de

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Fórum Seguros: Literacia, talento e cliente são principais desafios

As empresas de seguros enfrentam dificuldades na captação e retenção de talento e na forma como transitem a importância dos seguros à sociedade. O painel Novas Tendências nos Seguros, inserido no Fórum Sector Segurador 2022 do Jornal Económico, deixa algumas pistas sobre como ultrapassá-los.

Alteração da percepção de risco foi ponto positivo da pandemia, destaca responsável da Prévoir Portugal

No painel “Novos Paradigmas: ramo vida e seguros de pensões”, do Fórum Seguros organizado pelo Jornal Económico, debateram-se as perspectivas de futuro para estes dois ramos. A literacia financeira mas também as exigências dos novos consumidores são temas que estão no foco das seguradoras.

BNU em Macau com lucro de 4,68 milhões no trimestre, menos 64% do que em 2021

O Banco Nacional Ultramarino (BNU) em Macau registou um lucro de 39,9 milhões de patacas (4,68 milhões de euros) no primeiro trimestre de 2022, menos 63,6% em termos anuais.
Comentários