Real Vida reduz para menos de 2% da Pharol

Em comunicado a seguradora da Patris Investimentos SGPS anunciou que passou a deter 1,2% da Pharol. Muito abaixo dos 4,34% que a Real Vida tinha quando entrou no capital da ex-Portugal Telecom SGPS, em outubro de  2019.

Gonçalo Pereira Coutinho, Fundador accionista Patris Capita

A Real Vida vendeu ações da Pharol no passado dia 11 de dezembro e baixou a fasquia dos 2% que configuram uma participação qualificada.

Em comunicado a seguradora da Patris Investimentos SGPS anunciou que passou a deter 1,2% da Pharol. Muito abaixo dos 4,34% que a Real Vida tinha quando entrou no capital da ex-Portugal Telecom SGPS, em outubro de  2019.

Na altura a seguradora comprou à então acionista da empresa liderada por Palha da Silva, a Adar Macro Fund.

As ações da Pharol subiram +1,46% para 0,1390 euros.

Recomendadas

Worten cria centro de Marketing Digital

A equipa, liderada por Simão Pires, vai ser responsável pela coordenação de media, redes socias e conteúdo digital, integração e coordenação de meios de comunicação digital e transformação de processos criativos para garantir foco digital.

Três startups vencem programa de inovação da Prio

As empresas AirCO2 Fintech (Espanha), BeFC (França) e Evyon (Noruega) ganharam a sexta edição do “Jump Start”. “Perante desafios tão importantes como a transformação digital, sustentabilidade e a transição energética, acreditamos que é fundamental dar voz e colaborar com startups”, garante a diretora de I&D da petrolífera.

Empresas precisam de mudanças que deem sinal de esperança, diz bastonária dos contabilistas

Paula Franco tem “expectativa” de que no próximo Orçamento do Estado sejamos “surpreendidos com medidas que aumentem a confiança”.
Comentários