Receitas dos casinos de Macau voltam a cair, 360 milhões em novembro

As receitas do jogo em Macau voltaram a descer em novembro, com os números a caírem para menos de metade em relação a igual período do ano passado, mas com perdas em comparação ao mês anterior.

Em novembro, os casinos arrecadaram 2,99 mil milhões de patacas (360 milhões de euros), contra as 6,7 mil milhões de patacas (800 milhões de euros) de 2021, sendo que em outubro deste ano as receitas tinham sido de 3,9 mil milhões de patacas (468 milhões de euros).

Este ano, os casinos de Macau registaram apenas metade da receita contabilizada em igual período do ano passado. A única exceção foi fevereiro, em que a receita subiu 6,1%, quando comparado com o mesmo mês de 2021.

As concessionárias em Macau têm acumulado desde 2020 prejuízos sem precedentes e o Governo tem sido obrigado a recorrer à reserva extraordinária para responder à crise, até porque cerca de 80% das receitas governamentais provêm dos impostos sobre o jogo.

Operam no território três concessionárias, Sociedade de Jogos de Macau, fundada pelo magnata Stanley Ho, Galaxy, Wynn, e três subconcessionárias, MGM, Venetian e Melco.

Recomendadas

Mali. ONU lança apelo por 688 milhões de euros para ajudar 5,7 milhões de pessoas

A Organização das Nações Unidas (ONU) lançou hoje um apelo por 751 milhões de dólares (688 milhões de euros) para dar resposta às necessidades urgentes de 5,7 milhões de pessoas no Mali.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Qatargate: Parlamento Europeu levanta imunidade dos acusados

O processo está a ser conduzido em tempo recorde, o que prova que a câmara sentiu o acontecimento como uma verdadeira catástrofe reputacional, como aliás disse a sua presidente, Roberta Metsola.
Comentários