Reditus. Nearshoring fatura 25,5 milhões

A atividade de nearshoring da Reditus representa mais de 20% do seu turnover consolidado, aproximadamente 25,5 milhões de euros, como já tinha sido terça-feira anunciado pela organização.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A Reditus, tecnológica portuguesa que presta serviços de Tecnologias de Informação, contact center, business process oursoursing (BPO) e outsourcing, está a desenvolver, há cerca de dois anos, uma estratégia de abordagem ao mercado internacional através do reforço da atividade de nearshoring.

Atualmente, a atividade de nearshoring da Reditus representa mais de 20% do seuturnover consolidado, aproximadamente 25,5 milhões de euros, como já tinha sido terça-feira anunciado pela organização.

A empresa fez um “investimento significativo nesta atividade”, incluindo o desenvolvimento de parcerias estratégicas em diversas áreas de competência.

A estratégia de nearshoring da Reditus assenta na atenção dada às “necessidade dos clientes, quer ao nível da complexidade dos processos, quer ao nível do recrutamento, envolvendo a escolha de  colaboradores com grande nível de especialização, conduzindo à deslocalização para território nacional de operações originalmente desenvolvidas pelos clientes ou terceiros no exterior”, explica a empresa em comunicado de imprensa.

A tecnológica tem atualmente em curso vários projetos em território nacional a partir do qual servem multinacionais de diversos setores de atividade. Emprega atualmente cerca de 500 pessoas na vertente de nearshoring, estando outras 100 vagas disponíveis.

A manter-se as tendências atuais, a empresa prevê um crescimento de 50% do número total de colaboradores afetos a projetos de nearshoring, durante 2016.

OJE

 

Recomendadas

Banco de Fomento lança consulta pública para dois novos Programas de co-investimento em PME

Estando ainda disponível o montante de 475 milhões de euros para lançar novos Programas, “o BPF convida as empresas e todos os interessados a participar na consulta pública acerca de futuras soluções de capital e quase capital, com o objetivo de obter contributos sobre as condições de dois Instrumentos Financeiros pré-estruturados destinados a fomentar a constituição de empresas e/ou capitalização empresarial”, revela o banco liderado por Ana Carvalho.

Premium“Somos a ótica das pessoas e que traz o know how francês”, diz CEO do grupo MonOpticien

Em entrevista ao JE, o CEO do grupo MonOpticien, Florent Carriére, explica o modelo de subscrição que traz para Portugal. “O meu concorrente não é a Multióticas, é a a Netflix e o Spotify”, sublinha.

Bancos da zona euro devolvem antecipadamente 447,5 mil milhões ao BCE

Este montante vem juntar-se aos quase 300 mil milhões de euros que foram reembolsados antecipadamente em 23 de novembro.