Regantes criam nova ferramenta para optimizar uso da água e da energia na agricultura

Os resultados preliminares do projecto apontam para a necessidade de reabilitar as infraestruturas, investir na manutenção dos equipamentos de medição e melhorar o controlo operacional da rede de distribuição de água.

Os parceiros do projecto AGIR estão a desenvolver um sistema de avaliação de desempenho da eficiência do uso da água e da energia nas redes de transporte e distribuição de água para agricultura, que ajudará as entidades gestoras dos perímetros de rega públicos a tomar decisões fundamentadas sobre investimentos de modernização e gestão das infra-estruturas.

O projecto centra-se no estudo de casos-piloto de três aproveitamentos hidroagrícolas – Odivelas, Vigia (ambas no Alentejo) e Vale do Sorraia (no Ribatejo) –, a partir do qual está a ser desenvolvida uma matriz de avaliação universal.

Pode continuar a ler o artigo aqui.

Recomendadas

Confederações agrícolas unem-se contra extinção das direções regionais do sector

Em comunicado conjunto enviado esta quarta-feira às redações, AJAP, CAP, CNA e Confagri referem que o entendimento “unânime” é de que a decisão é “altamente lesiva” para o sector agrícola. No documento, apela-se a que o Governo volte atrás na decisão, de forma imediata e inequívoca.

Novo regulamento para a descarbonização do transporte marítimo já entrou em vigor

As alterações em causa, que visam a prevenção da poluição atmosférica por navios, dizem respeito ao Anexo VI da Convenção Internacional para a Prevenção da Poluição por Navio (MARPOL). Medidas entraram em vigor no dia 1 de novembro.

Expo Fish regressa a Portugal na próxima semana para promover as atividades ligadas ao mar

Está confirmada a presença de pelo menos 75 empresas, provenientes de 37 mercados internacionais. Foram solicitadas mais de 175 reuniões, segundo informa a organização em comunicado.
Comentários