Região norte e Madeira com as maiores quebras de natalidade em 2021

Já a mortalidade foi mais acentuada no Algarve, grande Lisboa e Madeira.

Em 2021, nasceram com vida 79.582 crianças de mães residentes em Portugal,  (-5,9% ou menos 4.948 nados-vivos do que em 2020) e registaram-se 124.802 óbitos (+ 1,2% ou 1.444 falecimentos em relação ao ano anterior). Como resultado, houve um forte agravamento do saldo natural, de -38.828 em 2020 para -45.220 em 2021, segundo os dados às estatísticas vitais divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

“A natalidade diminuiu em todas as regiões do país, em particular no Norte (-7,6%) e na Região Autónoma da  Madeira (-6,2%). Nas restantes regiões, a descida foi inferior ao valor nacional (-5,9%), tendo o Alentejo e a Região Autónoma dos Açores registado os menores decréscimos (-2,2% e -2,9% respetivamente)”, informa o gabinete de estatística.

Em relação à taxa de mortalidade infantil, em 2021 houve menos óbitos de crianças com menos de 1 ano (191 em 2021, menos 14 do que no ano anterior) mas nasceram menos crianças, mantendo-se a taxa em 2,4 óbitos por mil nados-vivos.

Do total de nados-vivos, 60,0% nasceram fora do casamento, representando, pelo sétimo ano consecutivo, mais de metade do total de nascimentos em Portugal. Todas as regiões registaram proporções de nados-vivos fora do casamento acima da média nacional, com exceção do Norte (53,7%), do Centro (59,6%) e da Região Autónoma dos Açores (54,2%).

Após a forte quebra no número de casamentos celebrados em 2020 (18.902; menos 43,2% do que em 2019), o número aumentou em 2021 para 29.057 (mais 53,7%). Em cerca de dois terços dos casamentos (66,2%), os noivos possuíam residência anterior comum.

No ano passado, 64,3% do total de nascimentos corresponderam a mães com idades dos 20 aos 34 anos, 33,8% a mães com 35 e mais anos e 1,9% a mães com menos de 20 anos.

Entre 2012 e 2021, registaram-se decréscimos nas proporções de nados-vivos de mães com idades inferiores a 20 anos e de mães com idades dos 20 aos 34 anos, respetivamente de 1,8 e de 7,2 pontos percentuais (p.p.). Em contrapartida, ao longo deste período, verificou-se um aumento de 9,0 p.p. na proporção de nados-vivos de mães com 35 e mais anos de idade.

Quanto aos falecimentos, em janeiro de 2021 registou-se o maior número de óbitos mensal desde o início da pandemia de Covid-19 (19.646),  um aumento de 66,2% (mais 7 825 óbitos) em relação ao mesmo mês de 2020. Em fevereiro, a mortalidade começou a diminuir, continuando, contudo, a registar um valor superior ao do mês homólogo de 2020.

“Entre março e dezembro, com exceção do mês de agosto, em todos os meses o número de óbitos foi inferior ao observado em 2020. O mês de junho foi o que registou menor mortalidade (8.192 óbitos)”, indica a nota informativa.

Em 2021, a maioria dos óbitos ocorreu em idades avançadas: 86,4% dos óbitos corresponderam a pessoas com 65 e mais anos e mais de metade (60,0%) a óbitos de pessoas com 80 e mais anos.

Nesse período, a mortalidade aumentou em todas as regiões, com exceção do Norte e da Região Autónoma dos Açores que registaram reduções de 7,3% e de 3,0%, respetivamente. O maior aumento registou-se no Algarve (+8,5%), seguido pela Área Metropolitana de Lisboa (+6,5%) e pela Região Autónoma da Madeira (+6,0%).

Recomendadas

Obras na ciclovia da Almirante Reis em Lisboa incluem alterações nos sentidos de tráfego

O projeto de requalificação da ciclovia da avenida Almirante Reis, em Lisboa, inclui alterações nos sentidos de tráfego junto ao mercado de Arroios e a eliminação do corredor ‘Bus’ da rua Carlos Mardel, revelou este sábado a câmara municipal.

Mais de metade dos portugueses contra fim do uso de máscaras

Segundo uma sondagem Aximage, realizada entre 19 e 24 de maio para o DN, JN e TSF, a decisão de pôr fim às máscaras, com exceção dos serviços de saúde e transportes públicos, não agradou a 55% dos inquiridos.

‘Velocidade Furiosa’. Daniela Melchior agradece a Vin Diesel

A atriz deixou uma mensagem para o colega de profissão das redes sociais. Ambos estão a gravar o 10º filme da saga.
Comentários