Regresso às aulas presenciais. “Hoje é um dia especial”, diz ministro da Educação

“Sabemos que nas nossas escolas tem cumprido um conjunto de regras relacionadas com circuitos como vemos nesta escola relacionadas também com a higienização das mãos, com a higienização dos espaços, com a utilização de máscaras como vimos para cumprir aquilo que queremos”, disse Tiago Brandão Rodrigues.

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, garantiu, esta segunda-feira, que as escolas são estabelecimentos seguros, principalmente com as novas medidas em vigor: a testagem e vacinação de funcionários docentes e não docentes.

No “dia especial” em que os 2º e 3º ciclo regressam ao ensino presencial, como referiu Tiago Brandão Rodrigues, o ministro da Educação enalteceu os testes e as vacinas como forma de garantir a segurança sanitária nos estabelecimentos de ensino.

“Vemos como os professores e não docentes estão a ser testados um pouco por todo o país”, apontou o governante, acrescentando que nos concelhos onde indecência for de mais de 120 casos por 100 mil habitantes será repetida a testagem no primeiro ciclo e jardim de infância.

Quanto à vacinação, o ministro da Educação recordou que no próximo fim de semana continua o processo de administração das vacinas aos professores. Além das mais recentes medidas, Tiago Brandão Rodrigues salientou as regras de segurança que já existiam.

“Sabemos que nas nossas escolas tem cumprido um conjunto de regras relacionadas com circuitos como vemos nesta escola relacionadas também com a higienização das mãos, com a higienização dos espaços, com a utilização de máscaras como vimos para cumprir aquilo que queremos”, descreveu.

Para o ministro da Educação o regresso dos 2º e 3º ciclo representou “mais um passo no andar por etapas”, mas alertou que “cada uma das etapas tem de ser cumprida plenamente” de forma a que o desconfinamento e o regresso dos restantes ciclos às escolas sejam bem sucedidos e assim as crianças possam pedagogicamente “dar o salto a cada dia”.

Relacionadas
catarina_martins_oe_2020

Catarina Martins pede reforço na contratação de professores e pessoal não docente

Para a líder do Bloco de Esquerda, é importante o reforço da contratação de professores e pessoal não docente para que as crianças possam recuperar aprendizagens. “Sabemos que as contratações são mais lentas e precisamos de lançar desde já um concurso extraordinário”, sugeriu.
Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira, 25 de novembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta sexta-feira.

Costa anuncia reforço das transferências para Ensino Superior e aumento das bolsas

O primeiro-ministro anunciou hoje um reforço extraordinário em 25 milhões de euros para as instituições de Ensino Superior e um aumento de 10% das bolsas para os estudantes, com mais cinco pontos percentuais para os alunos deslocados.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira, 24 de novembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta quinta-feira.
Comentários