‘Rei dos frangos’ leva administração da Benfica SAD a passar de seis para nove elementos (com áudio)

José António dos Santos, conhecido como ‘rei dos frangos’ anunciou a intenção de nomear Pires de Andrade, ex-líder da MAG, o que levaria à saída de Maria do Rosário Amado Pinto Correia. Desta forma, a Benfica SAD incumpriria a lei da paridade, já que ficaria apenas com uma mulher entre os seis administradores.

Lourenço Coelho, Rita Sampaio Nunes e Rui do Passo. São estes os novos nomes propostos pelo SL Benfica para que a administração da sua SAD passe de seis para nove elementos na assembleia geral que será realizada na noite desta segunda-feira, 24 de janeiro, e divulgados em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Contudo, Rui do Passo deverá dar o seu lugar a Pires de Andrade, ex-líder da mesa da assembleia geral do clube que foi nomeado por José António dos Santos, conhecido como ‘rei dos frangos’, pelo facto de deter 16,38% do capital social do clube.

Este cenário levaria à saída de Maria do Rosário Amado Pinto Correia, por troca com Pires de Andrade, mas desta forma a Benfica SAD incumpriria a lei da paridade, já que ficaria apenas com uma mulher entre os seis administradores, sendo que a lei obriga ao género menos representado que tenha pelo menos um terço dos administradores.

Os seis membros propostos numa primeira fase pelos encarnados para o Conselho de Administração foram: Rui Costa (presidente) e Domingos Soares de Oliveira, Luís Mendes, Manuel de Brito, Gabriela Rodrigues Martins e Rosário Pinto Correia (vogais).

De recordar que esta assembleia geral já tinha sido suspensa no passado dia 6 de janeiro e adiada para hoje, de forma a que o SL Benfica e José António dos Santos conseguissem chegar a um acordo.

Recomendadas

Atlético de Madrid contrata novo craque, mas não é para jogar à defesa

Luva de Pedreiro, nome artístico de Iran Ferreira, ganhou fama nas redes sociais ao partilhar vídeos onde mostra as suas capacidades com a bola de futebol nos pés.

O modelo de negócio para o futebol do empresário americano que esteve interessado no Benfica

John Textor apresenta um modelo que poderá permitir baixar os custos com transferências e contratos dos atletas, na procura de fazer frente aos clubes mais ricos. O empresário presente nos campeonatos de Inglaterra, Brasil e Bélgica e agora parece próximo de chegar à liga francesa.

Liga Portugal lança campanha contra o ódio no futebol

“Mais Futebol, Menos Ódio” é o nome da nova campanha de sensibilização sobre as manifestações de ódio aos intervenientes do jogo. Será notória ao longo de toda a segunda jornada das competições profissionais.
Comentários