Reino Unido investiga Apple e Google

Após meses de consulta pública, a Autoridade da Concorrência e dos Mercados britânica vai investigar um alegado domínio de mercado das duas empresas nos motores de busca do segmento móvel.

O regulador britânico Autoridade da Concorrência e dos Mercados (CMA – Competition and Markets Authority) abriu esta terça-feira uma investigação profunda sobre o alegado domínio de mercado da Apple e da Google no segmento móvel, dos smartphones. A organização equivalente à Autoridade da Concorrência em Portugal decidiu iniciar os procedimentos após alguns meses de consulta pública.

Em causa está um processo iniciado de junho, que terá colhido “apoio substancial” para uma investigação mais completa sobre como a fabricante do iPhone utiliza mecanismos para restringir os jogos na cloud através da sua loja de aplicações, a App Store. Na base da acusação está uma eventual preponderância na indústria dos browsers (motores de busca).

“Muitas empresas e programadores web do Reino Unido dizem-nos que sentem que estão a ser confrontados com restrições impostas pela Apple e pela Google. Planeamos investigar se as preocupações que ouvimos são justificadas e, em caso afirmativo, identificar medidas para melhorar a concorrência e a inovação nesses sectores”, disse a diretora executiva interina da CMA, Sarah Cardell, em comunicado divulgado esta manhã.

A CMA revelou ainda que a Google e a Apple representaram 97% de toda a navegação online do Reino Unido em 2021 e que os tais programadores consideram que estão limitados na inovação e com mais “custos desnecessários” para os seus negócios.

Segundo a agência “Reuters”, as duas gigantes tecnológicas terão mostrado abertura para colaborar com as investigações da autoridade da concorrência britânica. Ao canal norte-americano “CNBC”, um porta-voz da Google respondeu: “O Android oferece às pessoas uma maior escolha de aplicações e lojas de apps do que qualquer outra plataforma móvel. [O sistema operativo] também permite que os programadores escolham o mecanismo de motor de busca que queiram”.

Recomendadas

Mitos que bloqueiam progressão feminina e dificultam diversidade de género nas empresas

Relatório da Mazars e Gender Balance Observatory desmistifica mitos em contexto laboral, entre os quais a falta de ambição e a aversão ao risco entre as mulheres, a questão da maternidade ou das quotas e a meritocracia.

Mercado automóvel cresce 1,8% entre janeiro e novembro, mas muito longe dos números pré-pandemia

Dados da ACAP revelam que em termos globais, o mercado automóvel regista um crescimento de 1,8% entre janeiro a novembro de 2022, face a igual período do ano anterior. De referir que 11,1% dos veículos ligeiros de passageiros novos são elétricos (BEV).

Grupo SATA integra projeto Cluster Grace Açores

Associados e membros do cluster partilham boas-práticas e desenvolvem sinergias com o objetivo de colocar os temas da Agenda 2030, 2050 e ESG (Environmental, Sustainability and Governance) como prioritários nas agendas das empresas.
Comentários