Reino Unido poderá enfrentar cortes de energia durante o inverno

A informação foi avançada esta quinta-feira pela National Grid, empresa britânica que trabalha no sector. Uma situação que vem no contexto da crise energética na Europa.

O Reino Unido pode estar a caminho de enfrentar cortes de energia de três horas durante o próximo inverno, caso se confirmem as dificuldades para importar eletricidade, assim como gás natural para manter operacionais as centrais de energia. O aviso chegou da National Grid, empresa britânica que trabalha no sector, citada pela “Reuters”, esta quinta-feira.

As declarações surgem após a primeira-ministra britânica, Liz Truss, ter pedido aos países europeus que mantenham o fluxo de energia durante o inverno, já depois de ter afastado as possibilidades de se racionar o consumo de eletricidade, no contexto da crise energética que se coloca de há alguns meses a esta parte.

O risco de haver falta de energia elétrica no Reino Unido existe, uma vez que se pode colocar a situação de haver falta de gás na Europa, juntamente com os vários problemas de manutenção existentes nas centrais nucleares em França.

De recordar que a decisão da Rússia de interromper o fornecimento de gás através da principal rota de fornecimento da Europa fez a crise energética escalar até ao ponto de existir a possibilidade de acontecer um apagão da rede móvel durante este inverno, adiantou a “Reuters” durante a semana passada.

A mesma agência noticiosa avançou, no final do mês passado, que as operadoras de telecomunicações receiam que esta crise atinja as redes móveis europeias ao ponto de haver um “apagão”.

Europa poderá enfrentar um apagão da rede móvel neste inverno

Relacionadas

Conheça algumas dicas para tornar a sua casa mais confortável no próximo inverno

Com o aproximar do inverno e em contexto de crise energética, torna-se ainda mais relevante aumentar a eficiência energética no interior das habitações. A plataforma online Taskrabbit dá a conhecer algumas dicas.

Alemanha reitera apoio a gasoduto nos Pirinéus e diz que França não excluiu projeto (com áudio)

O chanceler alemão destacou que este projeto tem uma perspetiva de longo prazo e que, para além do transporte de gás no imediato, servirá para fornecer outras energias, como hidrogénio, no futuro.
Recomendadas

Humanidade só se salva se defender o planeta Terra e a biodiversidade- Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, afirmou hoje que a única saída para salvar a Humanidade é “investir no planeta Terra” e deter a perda de biodiversidade.

Peru: Vice-Presidente investida como nova chefe de Estado

Dina Boluarte, anterior vice-presidente peruana, foi empossada como a nova chefe de Estado, depois de Pedro Castillo ter sido destituído pelo Congresso, acusado de tentar executar um golpe de Estado ao anunciar a dissolução daquele órgão.

Irão: Greve resulta em mais um dia de repressão de protestos estudantis

O Irão viveu mais uma jornada de greve com o comércio parcialmente fechado e manifestações de estudantes universitários contra o regime, reprimidas pelas forças de segurança.
Comentários