Reino Unido. Saúde de Isabel II preocupa médicos (com áudio)

O estado de saúde da monarca britânica levantou preocupações por parte dos médicos da família real, que recomendam que a rainha esteja sob “supervisão médica”.

Hannah McKay / Reuters

O estado de saúde da monarca britânica levantou preocupações por parte dos médicos da família real, avança esta quinta-feira a Reuters, citando uma nota do Palácio de Buckingham. Os médicos recomendam que a rainha esteja sob “supervisão médica”.

Os familiares mais próximos vão deslocar-se até Balmoral, na Escócia, onde a monarca recebeu este semana a nova primeira-ministra, Liz Truss, e onde deverá ficar.

Isabel II é a monarca britânica com maior longevidade e também a monarca mais velha do mundo e as notícias em torno da sua condição física não são de agora: desde o final do ano passado que o Palácio de Buckingham refere que a rainha tem sofrido problemas de mobilidade esporádicos.

Estes problemas levaram a uma redução dos compromissos e aparições públicas da monarca, que já esta quarta-feira cancelou uma reunião virtal por conselho dos médicos. Na terça-feira, Isabel II convidou a recém-eleita Liz Truss a formar governo, quebrando a tradição e recebendo a primeira-ministra eleita em Balmoral.

No Twitter, Truss disse que todo o o país deve estar “profundamente preocupado” com a notícia.

“Após uma consulta esta manhã, os médicos da rainha estão preocupados com a saúde de Sua Majestade e recomendaram que esta permaneça sob supervisão médica”, lê-se no comunicado do Palácio de Buckingham, a sede da família real britânica. “A rainha permanece confortável e em Balmoral”.

Um fonte do palácio disse à Reuters que os membros mais próximos da família real foram já informados e que estão a ser preparadas as deslocações para Balmoral.

 

Notícia atualizada às 13h10

Recomendadas

Conheça algumas das citações mais emblemáticas de Isabel II

“Declaro diante de todos vós que toda a minha vida, seja longa ou curta, será dedicada ao vosso serviço e ao serviço da nossa grande família imperial à qual todos pertencemos”, é uma das frases mais marcantes da rainha, que foi proferida no seu 21.º aniversário.

🔴 Em direto. Acompanhe o último adeus a Isabel II

Decorrem as cerimónias fúnebras da monarca britânica, após dez dias de luto. Centenas de líderes mundiais marcam presença no funeral de Isabel II, que morreu no dia 9 de setembro, aos 96 anos. Acompanhe em direto.

Cerca de 500 líderes mundiais marcam presença no funeral da rainha Isabel II

Marcelo Rebelo de Sousa, Joe Biden, Emmanuel Macron e Ursula von der Leyen estão entre os líderes presentes no funeral da rainha.
Comentários