REN aumenta capital em 250 milhões com procura de 165%

O encaixe financeiro vai servir para reembolsar o empréstimo de curto prazo que tinha realizado em maio de 2017.

A REN – Redes Energéticas Nacionais conclui esta quinta-feira o aumento de capital de 250 milhões de euros. A energética conseguiu uma procura 165,6% acima do montante da oferta, segundo anunciou em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). O encaixe financeiro vai servir para reembolsar o empréstimo de curto prazo que tinha realizado em maio de 2017.

“Os resultados do aumento de capital permitem concluir que a operação foi um sucesso, refletindo assim o compromisso dos nossos acionistas com o rumo que definimos para a empresa, em linha com o plano estratégico definido”, afirmou Gonçalo Morais Soares, CFO da REN.

A energética emitiu 133.191.262 novas ações ordinárias, escriturais e nominativas. O valor nominal de 1 euro cada, com um preço de subscrição unitário de 1,877 euros.

“O aumento de capital foi assim totalmente subscrito, correspondente a um encaixe financeiro de cerca de 250 milhões euros”, informou a empresa.

Do total, foram emitidos no âmbito da oferta 95,1% das ações, enquanto os restantes 4,9% ficaram disponíveis para rateio. “Os pedidos suplementares de ações sujeitos a rateio excederam 14,5 vezes a quantidade disponível”, explicou a REN.

Recomendadas

El Corte Inglés contrata mais de 500 colaboradores para o Natal

“Para além deste período de Natal, há ainda possibilidade de permanecerem em contratos futuros, tal como tem acontecido em anos anteriores”, garante a empresa.

Bosch Industry Consulting abre escritório em Espanha

As operações da Bosch Industry Consulting em Espanha irão beneficiar da existência do centro de competências da Bosch em Aveiro.

EDP Brasil emite papel comercial no valor de 292 milhões de euros para amortizar dívida ao BNDES

O objetivo da emissão é realizar o pagamento antecipado da dívida com o Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social – BNDES, no montante aproximado de 470 milhões de reais e distribuir o restante ao acionista, diz a empresa.
Comentários