REN e EDP sustentam Lisboa em terreno positivo

A REN lidera os ganhos em Lisboa, depois de ter informado o mercado que comprou 42,5% da Electrogas SA à ENEL Generación Chile.

Reuters

A praça lisboeta ganha 0,18% para os 4.636,75 pontos com sete cotadas no verde, cinco no vermelho e e seis inalteradas. A liderar os ganhos no PSI20 estão os títulos da REN, que valorizam 0,96%. A distribuidora de energia anunciou hoje a aquisição de 42.50% do capital social da Electrogas S.A. à ENEL Generación Chile S.A., pelo preço de 180 milhões de dólares. A Electrogas S.A. detém um gasoduto na zona central do Chile com 165,6 Km de comprimento.

Ainda no setor da energia destaque para os ganhos da EDP, que sobe 0,56%, e EDP Renováveis, que valoriza 0,83%. Já a Galp cede 0,28%. A petrolífera nacional informou hoje o mercado que aprovou o investimento na área de Coral Sul, o primeiro projecto de desenvolvimento relacionado com as descobertas realizadas na bacia do Rovuma em Moçambique.

No setor bancário, o BCP cai 0,84%, enquanto o BPI ganha 0,27%. Já o Montepio segue sem tendência definida. O banco liderado por Nuno Amado irá realizar-se às 11h00 a Assembleia de Accionistas do BCP. Na agenda está a discussão e votação da alteração da limitação de contagem de votos.

Na Europa, os principais índices seguem sem tendência definida. No entanto, os títulos da banca e do setor dos media iniciaram a semana com bom desempenho. Em Itália o banco Popolare avança 2%. Já a Mediaset dispara 3,54%. Na semana passada, a francesa Vivendi anunciou que adquiriu 20% da Mediaset, empresa de media italiana controlada pela holding da família Berlusconi (39.80% do capital).

No mercado cambial, o euro perde 0,01% face ao dólar. Nas matérias-primas, o Brent, que serve de referência às importações europeias, avança 0,69% para os 55,60 dólares.

Relacionadas

REN entra em empresa do Chile por 172 milhões

Em causa está a aquisição de 42,5% do capital social da Electrogas, por 180 milhões de dólares.
Recomendadas

Bolsa de Lisboa fecha em queda arrastada pela EDP Renováveis numa Europa mista

O tombo da bolsa deve-se em grande parte à queda das ações da EDP Renováveis. As ações caíram -2,19% para 21,39 euros no dia em que foi noticiado que ganhou o leilão para contruir um parque eólico “offshore” de grande escala ao largo da Califórnia.

Wall Street abre a valorizar com S&P 500 a contrariar cinco dias de perdas

O índice industrial Dow Jones arrancou a sessão a escalar 235 pontos (+0,7%), impulsionado pelos ganhos da Chevron e da Boeing. Já o empresarial S&P 500 acompanhou a subida em 0,7%. Por sua vez, o tecnológico Nasdaq valorizava quase 1% (0,9%).

Taxas Euribor sobem a três e seis meses e caem a 12 meses

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que entrou em terreno positivo em 06 de junho, subiu hoje, para 2,456%, mais 0,014 pontos, batendo um novo máximo.
Comentários