Renovação do Centro de Juventude do Porto Santo custou ao Governo da Madeira 875 mil euros

O Centro da Juventude do Porto Santo está aberto a partir desta terça-feira, dia 27 de julho.

O Governo Regional da Madeira renovou recentemente o Centro de Juventude do Porto Santo, num investimento de 875 mil euros.

A informação foi divulgada pelo presidente do executivo madeirense, Miguel Albuquerque, o qual explicou que a requalificação do local foi feita “quase na totalidade” e incluiu a renovação das infraestruturas de água, esgotos, de ligação à internet, bem como a introdução de luzes LED, de uma cozinha comum, uma esplanada exterior, e uma zona de lazer exterior feita com materiais recicláveis que inclui uma área de churrasco. Os quartos de dormir foram renovados, com a introdução de mais oito camas (64 agora no total), bem como as casas de banho e a área de receção.

O chefe do executivo regional elogiou ainda o novo design do edifício, com cores e materiais mais modernos: “Está muito atrativo e está muito bem conseguido”.

“Neste momento temos mais uma oferta no Porto Santo, que está sobretudo ao serviço da juventude”, destacou Miguel Albuquerque, vincando que “esta é uma oferta para todo o ano”.

Não obstante, o governante destaca a importância do espaço sobretudo para “suprir as carências que temos na época alta” visto ser “uma oportunidade de alojamento a preços mais acessíveis” que também se revela útil quando o Porto Santo é palco de eventos nacionais ou internacionais. Neste sentido “tudo se conjuga aqui para ter sucesso”, reforçou.

O Centro da Juventude do Porto Santo está aberto a partir desta terça-feira, dia 27 de julho.

 

 

Recomendadas

PS diz que valorização salarial anunciada pela Câmara do Funchal se deveu à República

O partido considera que a medida, anunciada pela autarquia do Funchal, “só pode ser lida como sendo um rasgado elogio aos esforços do Governo da República quanto à valorização salarial de trabalhadores e trabalhadoras em funções públicas”.

Madeira: BE reivindica medidas que promovam reciclagem e economia circular

O partido considera que é preciso haver campanhas de sensibilização que alertem para a importância da reciclagem, já que a Madeira “uma das regiões do país com a mais baixa taxa de reciclagem, que atinge apenas os 13%”.

Presidente do Iasaúde diz que descentralização do serviço tem permitido “atendimento mais eficiente”

Nos primeiros seis meses do ano 549 novos utentes inscreveram-se no Serviço Regional de Saúde (SRS) através dos serviços de reembolsos nas localidades fora do Funchal, com a Ribeira Brava a representar 22,8% dos inscritos.
Comentários