Respostas Rápidas. O que fazer se não receber um SMS a confirmar a vacinação 72 horas após o agendamento?

Qual o grupo etário a ser vacinado, quando posso fazer o agendamento, e posso tomar a vacina se estive infetado, são algumas das perguntas cujas respostas são respondidas neste Respostas Rápidas sobre o processo de autoagendamento de vacinação para a Covid-19.

Tiago Canhoto / Lusa

O processo de vacinação começou no final de dezembro de 2020 com agendamentos dos centros de saúde, mas a 23 de abril os cidadãos com mais de 65 anos começaram a poder realizar autoagendamentos para serem vacinados contra a Covid-19. Ainda assim, muitas dúvidas se mantém com o portal do agendamento, agora aberto para cidadãos com mais de 27 anos. Esclareça aqui as suas dúvidas.

Como funciona o agendamento?

Primeiramente é necessário aceder ao portal Covid-19 criado pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde. Neste portal tem de indicar a sua data de nascimento, o número de utente e o nome completo. Posteriormente deve indicar o local, e também a data, mais conveniente.

Depois do processo de agendamento ter sido concluído, o número 2424 envia uma mensagem com todos os detalhes e indicações.

Qual o SMS que se recebe?

COVID19: [Primeiro nome do utente], vacinação [data do agendamento] às [hora do agendamento], em [local da vacinação]. Responda: SNS.NUMERO UTENTE.SIM/NAO até [data limite de resposta] Ex: SNS.111111111.SIM

Tenho de responder obrigatoriamente?

Para que o agendamento fique registado na base de dados do centro de vacinação é preciso responder. Caso responda que ‘SIM’, o agendamento fica confirmado nos dados do centro de vacinação. Em sentido contrário, se responder ‘NÃO’ o agendamento realizado no portal fica sem efeito.

Caso não responda à SMS no tempo indicado – 24 horas – o agendamento também fica sem resposta.

Posso realizar um novo pedido se já não quiser ser vacinado naquela data?

O Serviço Nacional de Saúde afirma que sim. No entanto, para efetuar um novo pedido de agendamento deve aguardar até três dias, realizando depois o mesmo processo de agendamento.

Recebo mensagem a lembrar do agendamento?

Sim. No dia anterior ao dia da vacinação, recebe uma nova SMS para recordar a convocatória, no qual está inserido o local e o horário.

Posso ir para o local de vacinação sem ter recebido SMS?

Os Serviços de Saúde dizem aos utentes para não se dirigirem ao “local de vacinação sem ter recebido e respondido ao SMS”, devendo sempre esperar a confirmação por SMS, mesmo que já tenham passado três dias (72 horas).

Como acontece o agendamento da segunda dose?

Depois de ter recebido a primeira dose, recebe um cartão de vacinação que indica a “data planeada para administração da segunda dose”, cuja data pode variar entre três a oito semanas dependendo da vacina administrada. No caso da Pfizer e da Moderna as vacinas são administradas com uma diferença de três a quatro semanas (um mês), enquanto a AstraZeneca é administrada com uma diferença de oito semanas.

Ainda assim, nos dias anteriores à aproximação da data da segunda dose, os serviços centrais voltam a enviar uma mensagem para relembrar a convocatória.

Já estive infetado. Preciso de tomar a vacina?

Apesar de estar associado um menor risco de voltar a contrair a doença, quem já esteve infetado não está a ser priorizado na vacinação.

Ainda assim, com a vacinação das pessoas com mais de 60 anos já a decorrer a bom ritmo (mais de 80% já recebeu a primeira dose), a DGS autoriza que as pessoas que tenham recuperado da infeção há pelo menos seis meses possam ser vacinadas contra a Covid-19, desde que cumprindo as regras designadas por grupos prioritários ou faixa etária a que pertençam.

Neste caso, as pessoas que já contraíram a infeção só recebem uma dose da vacina, independentemente da vacina ter um esquema vacinal de uma (Janssen) ou duas doses (Pfizer, AstraZeneca, Moderna).

Tenho 29 anos. Já posso fazer o agendamento?

Sim. Desde segunda-feira que o autoagendamento está disponível para cidadãos com mais de 27 anos.

Ainda que a vacinação tenha arrancado no domingo para maiores de 18 anos, a marcação online está apenas disponível para maiores de 27 anos.

Tenho 25 anos. Quando vou ser vacinado?

O processo de autoagendamento tem avançado a bom ritmo, com uma nova idade a abrir a cada 14 dias ou todas as semanas. A task force da vacinação adiantou que com o avanço gradual da vacinação por faixas etárias, entre os 18 e os 26 anos deverão começar a ser chamados por ordem decrescente.

task force prevê que o processo de autoagendamento fique disponível em saltos de três anos. Assim, tendo-se iniciado o agendamento dos 27 aos 30 anos, deverá passar-se “para os 25 e depois para os 23 anos.

Ainda assim, nos concelhos com menos densidade populacional estas faixas etárias já começaram a ser vacinadas.

Posso escolher a marca da vacina que vou receber?

Não. A vacina é dada consoante a idade, género e a disponibilidade existente no centro de vacinação. Existem quatro marcas autorizadas a serem administradas em Portugal, sendo que a Pfizer/BioNTech, Moderna e AstraZeneca são administradas em duas doses, e a Janssen em apenas uma dose.

Para as mulheres entre os 18 e os 29 anos estão disponíveis as vacinas da Pfizer e da Moderna, enquanto aos homens da mesma faixa etária podem ser administradas a Pfizer, Moderna ou Janssen. Atualmente, a vacina da Janssen não está estudada e não é recomendada para mulheres abaixo dos 50 anos e a vacina da AstraZeneca só é recomendada para cidadãos acima dos 60 anos.

Tenho 55 anos mas ainda não fui chamado. O que posso fazer?

Neste caso, tem duas opções: proceder ao autoagendamento (acima explicado) ou ir à “casa aberta”.

Em que consiste a “casa aberta”?

Desde o passado dia 3 de julho que as pessoas com mais de 45 anos que ainda não foram chamadas e não foram infetadas nos últimos seis meses podem recorrer a esta modalidade. A “casa aberta” permite a administração de primeiras doses nos centros de vacinação associados ao centro de saúde do utente, nos horários definidos – por norma ao fim do dia.

Onde estão os centros “casa aberta”?

Em todas as regiões existem centros com uma hora definida para vacinar quem ainda não tenha recebido a convocatória.

A ARS do Algarve dispõe de dez centros, número que expande para 36 quando se fala na ARS do Alentejo. Na ARS de Lisboa e Vale do Tejo existem 60 centros com horários disponíveis, 64 na ARS do Centro e 67 centros na ARS do Norte.

Para verificar a lista completa pode consultar aqui.

Recomendadas

Covid-19: China anula várias medidas de prevenção e sinaliza fim da estratégia ‘zero casos’ (com áudio)

O Conselho de Estado (Executivo) anunciou que quem testar positivo para o vírus pode, a partir de agora, cumprir isolamento em casa, em vez de ser enviado para instalações designadas, muitas vezes em condições degradantes.

Covid-19: Pandemia provocou mais 300 mil mortes na UE do que as oficiais, diz OCDE

“No final de outubro de 2022, mais de 1,1 milhões de mortes de covid-19 foram reportadas em todos os 27 países da UE, mas os dados sobre o excesso de mortalidade sugerem que se trata de uma subestimativa e que mais 300 mil pessoas morreram devido ao efeito direto ou indireto da pandemia”, refere o relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comissão Europeia (CE).

Covid-19: Problemas de saúde mental aumentaram na Europa, sobretudo nos jovens

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) explica no relatório comparativo da situação de saúde na Europa que, enquanto em 2019 a percentagem de jovens entre 15 e 24 anos com sintomas de depressão era de 6%, contra 7% nos adultos, com o coronavírus os números aumentaram em todos os países para os quais existem dados.
Comentários