Respostas Rápidas: Porque é que a Rússia está a ser acusada de violar o tratado de armas nucleares?

A NATO voltou a acusar na terça-feira a Rússia de ter violado o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (NIF), ameaçando a segurança euro-atlântica. Saiba o que está em causa.

Reuters

O que diz o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (NIF)?

O Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (NIF), conhecido apenas como Tratado NIF, foi assinado em 1987 entre os Estados Unidos e a União Soviética (atual Rússia). O acordo previa a proibição de mísseis balísticos e mísseis nucleares, cujo alcance variasse entre 500 e 5.500 quilómetros. O documento, que entrou em vigor a 8 de dezembro desse mesmo ano, permitia às duas partes inspecionar as instalações militares uma da outra.

Por que é que a Rússia foi acusada de violar o acordo?

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) veio dar razão aos receios anteriormente levantados pelos Estados Unidos, em 2016, de que a Rússia teria desenvolvido mísseis de médio alcance capazes de lançar um ataque nuclear contra países aliados, quase sem aviso prévio. Em causa está o desenvolvimento e implantação de um sistema de mísseis, o 9M729 – proibido pelo Tratado NIF –que se acredita que tenha a capacidade de destruir alvos a mais de 500 quilómetros de distância.

O que diz a Rússia sobre estas acusações?

A Rússia considera que as acusações são “infundadas” e que garante que não está a violar o Tratado NIF. “O lado russo declarou em várias ocasiões que isso [as alegadas violações do tratado de eliminação de armas nucleares de médio e curto alcance] é, para dizer no mínimo, uma invenção”, afirmou a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, María Zajárova. “São acusações infundadas, sem nenhuma base, de supostas violações do tratado pelo lado russo”, acrescentou.

Quais as consequências desta alegada violação?

A NATO fez um ultimato à Rússia para que suspenda o desenvolvimento e implantação do sistema de mísseis 9M729, mas o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, diz que até agora o governo russo não deu sinais de querer cumprir os princípios acordados em 1987. Tendo em conta esta situação, a Casa Branca já anunciou que vai suspender as suas obrigações inscritas neste tratado nuclear dentro de 60 dias, dado assim resposta à violação deste pacto por parte da Rússia.

Recomendadas

PremiumPutin une extremos na oposição ao Ocidente

As franjas mais extremas europeias convergem no apoio a Putin, unidas por um antiamericanismo reforçado, à esquerda, por uma orfandade do comunismo soviético e, à direita, pela admiração por um regime iliberal e autocrático.

Moçambique baixa receitas fiscais do gás ao fundo soberano para 40%

Moçambique deverá ser um dos maiores exportadores mundiais de gás a partir de 2024, beneficiando não só do aumento dos preços, no seguimento da invasão da Ucrânia pela Rússia, mas também pela transição energética.

Eleições do Brasil: Lula da Silva vota em eleição que pode definir o seu regresso ao Governo

Além de Lula da Silva e Bolsonaro, disputam as presidenciais brasileiras os candidatos Ciro Gomes, Simone Tebet, Luís Felipe D’Ávila, Soraya Tronicke, Eymael, Padre Kelmon, Leonardo Pericles, Sofia Manzano e Vera Lúcia.
Comentários