Retificativo. Marcelo satisfeito com viabilização

Candidato presidencial reconhece que esta foi “uma decisão difícil que tem custos para o Estado e para os contribuintes”

O candidato presidencial Marcelo Rebelo de Sousa congratulou-se com a viabilização do Orçamento Retificativo, frisando que era necessário resolver o problema do Banif, e defendeu que é preciso encontrar um sistema de supervisão financeira que funcione.

“Ontem fiz um apelo para que fosse votado o Orçamento Retificativo e disse que se já fosse Presidente da República faria tudo para que fosse votado porque era preciso resolver o problema do Banif. Estou feliz por ter sido possível encontrar um consenso de regime permitindo passar o Orçamento Retificativo”, afirmou.

Marcelo Rebelo de Sousa, que entregou no Tribunal Constitucional 15 mil assinaturas para formalizar a sua candidatura à Presidência da República, considerou que era fundamental “entrar em 2016 com o caso [Banif] decidido”.

“Foi bom, foi um bom final de 2015 e um bom augúrio para 2016 ter passado este Orçamento Retificativo”, declarou, defendendo que “o que interessa é pensar no país” apesar de ser “uma decisão difícil que tem custos para o Estado e para os contribuintes”.

OJE

Recomendadas

Marques Mendes: “Costa Silva recupera autoridade ou sai. O país precisa de um ministro da Economia forte”

“De um Governo com maioria absoluta, à partida um Governo forte, esperava-se unidade, coesão, determinação, energia, mobilização, espírito reformista. O que encontrámos? Exatamente o contrário”, disse este domingo o comentador da SIC.

“Há interessados em criar Zonas Livres Tecnológicas para criptomoedas”, diz secretário de Estado da Digitalização

Mário Campolargo, em entrevista ao Jornal Económico, explica os objetivos do Governo em renovar a Estratégia de Blockchain e Web3 e garante que há interesse por parte de vários ‘players’ em testar moedas virtuais nos espaços livres de constrangimentos regulatórios.

PAN defende aposta nos transportes públicos e revisão dos escalões de IRS

A porta-voz do PAN, Inês Sousa Real, defendeu, este domingo, na proposta de Orçamento do Estado para 2023 o Governo deve apostar nos transportes públicos e na revisão dos escalões de IRS, além da valorização da proteção animal. “É fundamental que no Orçamento do Estado se garanta uma maior aposta nos transportes públicos, a revisão […]