Revista de imprensa internacional: as notícias que estão a marcar a atualidade global

Rússia restabelece fornecimento de gás para a Europa; Diretor da CIA estima 15.000 russos mortos na guerra da Ucrânia; Sri Lanka prepara-se para mais agitação à medida que o novo presidente se pronuncia contra os protestos “fascistas”

“Reuters” – Rússia restabelece fornecimento de gás para a Europa

A Rússia retoma hoje o fornecimento de gás para a Europa, confirmou o operador do gasoduto Nord Stream, com os líderes ocidentais a temerem que Moscovo utilize as exportações de energia para fazer recuar o Ocidente na posição tomada face ao Kremlin desde que a Ucrânia foi invadida.

O restabelecimento do gasoduto Nord Stream 1, que viu a sua capacidade ser reduzida após uma pausa para manutenção durante dez dias, pode demorar várias horas, segundo um porta-voz do operador.

 

“Reuters” – Diretor da CIA estima 15.000 russos mortos na guerra da Ucrânia

Os Estados Unidos estimam que as baixas russas na Ucrânia até agora ascendem a 15.000 mortos e cerca de 45.000 feridos, de acordo com informação avançada ontem, quarta-feira, pelo diretor da CIA William Burns.

As forças russas tentam controlar a região do Donbass no leste da Ucrânia, ocupando cerca de um quinto do país.

 

“The Guardian ” – Sri Lanka prepara-se para mais agitação à medida que o novo presidente se pronuncia contra os protestos “fascistas”

O Sri Lanka poderá viver mais dias de agitação depois de Ranil Wickremesinghe, recentemente nomeado presidente, ter prometido reprimir os protestos que derrubaram o seu antecessor.

“Derrubar o governo, ocupar o gabinete do presidente e o gabinete do primeiro-ministro, não é democracia; é contra a lei”, disse Wickremesinghe.

Recomendadas

Só 9% das empresas nacionais dizem ter trabalhadores certos para concretizar objetivos sociais e ambientais

Quase metade das empresas nacionais têm objetivos de ESG identificados, mas a maioria diz não ter os trabalhadores adequados para concretizar a estratégia. Recrutamento e “upskilling” são apostas dos empregadores portugueses, revela estudo do ManpowerGroup.

Aeroportos com mais 75% de passageiros no terceiro trimestre, mas abaixo dos níveis de 2019

Relativamente ao transporte de mercadorias, houve um crescimento nas vias aérea e marítima, ao invés do que aconteceu na ferrovia e na rodovia.

Preço do petróleo pode atingir os 110 dólares com embargo russo, alerta Bank of America

Cortes na produção de petróleo são outro risco que pode agravar o preço do barril. O Bank of America calcula que um corte de um milhão de barris na produção pode agravar o preço entre os 20 e os 25 dólares. Países como o Iraque, Líbia, Nigéria são outro risco que pode levar ao aumento do preço do petróleo.
Comentários