Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta segunda-feira

Famílias gastam mais 84 euros este ano com aumentos nas comunicações; Ex-governante sem obrigação de devolver indemnização milionária; Atual cartão de cidadão começa a desaparecer ainda este ano

Público

Estado ainda não conseguiu alugar 33 helicópteros para combater fogos

Iniciativa Liberal. Rui Rocha, o novo líder, quer ver o partido chegar aos 15%

Portugal avalia competências de adultos pela primeira vez

Diário de Notícias

Colégios privados. Inscrições esgotadas para o próximo ano letivo

Famílias gastam mais 84 euros este ano com aumentos nas comunicações

Banca faz alerta para os angariadores digitais de “Mulas de dinheiro”

Jornal de Notícias

Droga usada para eutanásia animais comprada online por quem quer morrer

Rui Rocha desafia IL a ir para a rua contra revisão constitucional

O longo calvário para adotar uma criança

Correio da Manhã 

Ex-governante sem obrigação de devolver indemnização milionária

“Córtex”. Escutas apanham referências a deputado do PSD

Baixas. Mais médicos para avaliar professoras grávidas

Jornal de Negócios

Atual cartão de cidadão começa a desaparecer ainda este ano

Greenvolt ganha músculo com novo aliado dos EUA

Só quem ganha até 600 euros viu rendimento aumentar no ano de 2021

Recomendadas

JE Bom Dia. Fed deverá abrandar subida dos juros

Bom dia. Com a inflação a dar sinais de descida, o presidente da Fed, Jerome Powell, deverá anunciar uma subida mais contida dos juros. Em Wall Street, prossegue a época de resultados.

Revista de imprensa nacional: as notícias que estão a marcar esta quarta-feira

Pedro Nuno Santos prolonga suspensão do mandato; Fecho do ano traz otimismo mas famílias vão continuar a sofrer; Imposto fez baixar 38% a venda das bebidas mais açucaradas.

Ligações ferroviárias de Lisboa a Corunha e Madrid entre projetos apoiados pela UE

O executivo comunitário anunciou hoje que escolheu 10 projetos-piloto que apoiará para estabelecer novos serviços ferroviários ou melhorar os já existentes, apontando que, no seu conjunto, “irão melhorar as ligações ferroviárias transfronteiriças em toda a União Europeia, tornando-as mais rápidas, mais frequentes e mais acessíveis”.
Comentários