Revista de Imprensa: o que dizem os jornais esta terça-feira

Conheça aqui os principais títulos dos jornais de hoje.

Esta terça-feira, 26 de dezembro, a primeira página do “Correio da Manhã” (CM) dá destaque ao caso da acusação de uma bancária ter burlado clientes idosos, ao “desviar” 472 mil euros, e a um alegado “esquema” com eólicas, em que as elétricas têm “sacado” 50 milhões de euros aos consumidores. Também na primeira página do CM vêm chamadas para a mensagem de Natal do Papa Francisco.

O “Jornal de Notícias” (JN) destaca na sua primeira página os presos que usam redes sociais para fazer chantagem sexual e as mensagens de Natal de António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa. Entre as chamadas de primeira página do JN, destaca-se os 23 mil passes do Andante que estão ainda por trocar.

O “Público” destaca os preços em 2018, com especial foco nos transportes e rendas de casa, saúde e luz. A manchete traz “Bancos protegidos contra o fim das comissões sobre as contas” e o “Público” também destaca a mensagem de Natal do Presidente da República.

O “Diário de Notícias” (DN) também destaca as mensagens de Natal de Marcelo Rebelo de Sousa e do primeiro-ministro. Na primeira página do DN há espaço também para noticiar que os hospitais pouparam quase 30 milhões de euros com três genéricos e que ainda há 47 milhões de euros notas de escudo para trocar.

Recomendadas

PremiumPreservar o mirandês num mundo onde as línguas regionais estão em extinção

Em Terra de Miranda, há elementos da sociedade civil que não deixam esmorecer uma causa que entendem ser nacional e não apenas regional: a preservação da língua e cultura mirandesa. As suas propostas constam do Roteiro para a região, já apresentado aos decisores políticos e assente numa visão de futuro.

2022, ano de esperança: “recuperação criativa e comercial”

O que procura o consumidor num relógio? “Atualmente os clientes compram um relógio pela beleza da peça. Usam-no como uma joia e não como uma ferramenta”, diz Carlos Rosillo, CEO da Bell & Ross.

“Vamos manter a nossa presença no mercado e surpreender!”

A coleção de Natal que Eugénio Campos nos traz este ano é “acima de tudo, uma coleção com muita criatividade, inspirada na família e no sentimento, e pensada para que seja uma coleção de gerações”, garante o seu criador.
Comentários