Revolução tecnológica chegou às cadeias de Fast Food

O presidente da Domino’s Pizza consegue enumerar 17 formas diferentes para encomendar uma pizza.

As grandes multinacionais de Fast Food adaptaram-se à realidade tecnológica do século XXI e tiveram de apostas em novas tecnologias para sobreviveram à revolução que o setor atravessa. Os novos clientes sãos mais seletivos ao escolherem onde vão comer fora de casa e privilegiam a qualidade, a rapidez e a eficiência.

O presidente executivo da Domino’s Pizza, Patrick Doyle, recordou situações de má conexão à internet que dificultava as encomendas por telefone. Atualmente, Doyle consegue enumerar as 17 formas diferentes que existem para encomendar uma pizza, como o simples envio de uma mensagem de texto com o emoji de uma pizza, ou utilizar o sistema de inteligência artificial “Alexa”.

Os pedidos digitais estão a aumentar e representam agora mais de metade das vendas da Domino’s Pizza, e permitem que a empresa ficar com os dados dos clientes, o que ajuda a empresa a orientar melhor as ofertas. A importância que a empresa dá à tecnologia justifica o sistema de trabalho ao estilo de Silicon Valley.

 

Recomendadas

PRR, mesmo sem inflação, sofreria dos mesmos problemas

Execução da bazuca enfrentaria dificuldades com burocracia e mudanças na economia global, reforçando papel dos contabilistas.

Cabo Verde quer reforçar combate à pobreza com aumento de 25% da taxa turística

Governo liderado por Ulisses Correia e Silva prevê arrecadar 8,6 milhões de euros com o aumento da taxa, que serão canalizados para o fundo de financiamento Programa Mais, Mobilização pela Aceleração da Inclusão Social, concebido para apoiar projetos de combate à pobreza extrema e exclusão social, segundo a Forbes África Lusófona.

Receitas do turismo estão 14% acima das do pré-pandemia

Os resultados até agora obtidos são animadores, contudo a crescente subida dos preços traz alguma apreensão
Comentários