Risco de ameaça terrorista em Portugal mantém-se em grau “moderado”

O Sistema de Segurança Interna português está a acompanhar os últimos acontecimentos na Europa e reitera que não há motivos para alarme em Portugal.

Depois dos ataques na Alemanha e na Turquia esta segunda-feira, o grau de ameaça terrorista em Portugal vai mantém-se “moderado”. As autoridades de segurança nacional salientam que não há razões para alarme em Portugal.

A secretária-geral do Sistema de Segurança Interna, Helena Fazenda, diz em comunicado que está “a trabalhar em completa articulação e a acompanhar os últimos acontecimentos registados na Europa, mantendo contacto com as suas congéneres e recolhendo todos os dados necessários à sua avaliação”.

A Unidade de Coordenação Antiterrorismo garante que “não há nenhum dado objetivo que determine o agravamento do grau de ameaça”, pelo que este deve manter-se inalterado.

Esta segunda-feira, o embaixador russo Andrey Karlov foi assassinado em Ancara, enquanto discursava na inauguração de uma exposição de fotografia. O atirador ter-se-á identificado como autoridade policial para se aproximar do embaixador russo e terá disparado vários tiros, enquanto gritava “Aleppo” e “Deus é grande”. O embaixador não resistiu aos ferimentos.

Em Berlim, a investida de um camião contra uma multidão num mercado de Natal, no centro da capital alemã levou à morte de 12 pessoas, tendo 48 pessoas ficado feridas. O co-piloto do veículo terá morrido durante o ataque, mas o condutor continua em fuga.

Também na Suíça, um homem armado feriu pelo menos três pessoas perto de um centro islâmico em Zurique.

Recomendadas

Alterações climáticas. Terra aproxima-se do ‘ponto sem retorno’, diz primatologista Jane Goodall

“Sabemos o que devemos fazer. Quero dizer, temos as ferramentas. Mas deparamo-nos com o pensamento de curto prazo de ganho económico versus a proteção de longo prazo do meio ambiente para assegurar um futuro”, indicou a cientista que ficou conhecida pelo seu estudo pioneiro de seis décadas sobre chimpanzés na Tanzânia.

Apertem os cintos! Vamos agora aterrar em Santarém. Ouça o podcast “Maquiavel para Principiantes” de Rui Calafate

“Maquiavel para Principiantes”, o podcast semanal do JE da autoria do especialista em comunicação e cronista do “Jornal Económico”, Rui Calafate, pode ser ouvido em plataformas multimédia como Apple Podcasts e Spotify.

“Metade das pessoas que precisam de apoio psicológico não têm meios para o conseguir”, alerta bastonário da Ordem dos Psicólogos

Começa esta quarta-feira em Aveiro o quinto congresso da Ordem, evento que servirá também para reforçar bandeiras “antigas”, como por exemplo a questão do reforço no número de psicólogos no SNS, situação que a nova gestão executiva terá que priorizar se houver vontade política, de acordo com a opinião do bastonário em entrevista ao JE.
Comentários