Ritmo das reformas não vai abrandar, garante presidente da China

O governante chinês disse ainda que a China vai continuar a se abrir ao mundo, e que no próximo ano vão existir oportunidades e desafios mas que o país vai continuar a assegurar a sua soberania e segurança.

O ritmo das reformas não vai abrandar, assegurou Xi Jinping, presidente da China, durante a mensagem de ano novo, num discurso onde vai reforçar que vai promover uma maior abertura ao mundo, refere a Reuters.

No discurso de ano novo o governante chinês disse ainda que a “confiança e a determinação da China em assegurar a soberania nacional e a sua segurança não vão mudar” independentemente “das mudanças que existam a nível internacional”.

Em 2019 acredita Xi Jinping “vão existir oportunidades e desafios”, acrescentando que a China à medida que se vai abrindo ao mundo vai “enfrentar grandes mudanças”, que ainda não tinham sido vistas.

Recomendadas

Milhares de tropas russas cercadas na região anexada de Donetsk, diz Kiev

A Ucrânia reivindicou hoje ter cercado milhares de soldados russos na zona da cidade de Lyman, na região de Donetsk, anexada pela Rússia, onde retomou o controlo de cinco aldeias.

Eleições: Brasileiros entre a ansiedade e medo de violência antes do dia do voto

Brasileiros relatam ansiedade e medo de violência antes da primeira volta da eleição que poderá definir o próximo chefe de Estado do país numa disputa polarizada entre o Presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro, e o ex-presidente Lula da Silva.

PremiumGiorgia Meloni tem dois amores que em nada são iguais

Matteo Salvini com certeza estará convencido que os Irmãos de Itália lhe roubaram a vitória que lhe estava prometida desde há quatro anos e esse pode ser o pior pesadelo de Meloni.
Comentários