Ronaldo ‘fenómeno’ comprou o Cruzeiro por 63 milhões de euros

Jogador começou a sua carreira profissional no clube de Belo Horizonte.

O ex-futebolista brasileiro, Ronaldo Nazário, investiu 400 milhões de reais (62,5 milhões de euros) para se tornar o acionista maioritário do Cruzeiro EC, o primeiro clube profissional onde jogou, cujo objetivo é devolvê-lo à primeira divisão brasileira.

A operação, realizada através de uma das empresas do ex-futebolista brasileiro, a Tara Sport, tem como objetivo devolver à elite do futebol um dos clubes mais antigos do país, após ter descido de divisão em 2019.

“O Cruzeiro é uma máquina de fazer dinheiro”, disse o ex-jogador de futebol há algumas semanas num programa de rádio brasileiro. A transação inclui o “reequilíbrio financeiro e operacional da área de futebol do clube, com um plano de crescimento sustentável a médio e longo prazo”, segundo a entidade.

Não é a primeira vez que o ex-jogador assume o controle acionário de um clube de futebol profissional, já que em 2018 ingressou como acionista maioritário do Real Valladolid por 30 milhões de euros.

Desde a entrada de Ronaldo no clube espanhol em 2018, 7,5 milhões foram investidos na reforma do próprio estádio e dos campos adjacentes da cidade desportiva. Como resultado das perdas provocadas pela pandemia de Covid-19 na última temporada, o Real Valladolid encerrou o exercício de 2020/21 com perdas de 963,1 milhões de euros.

Relativamente à campanha em curso, os accionistas da entidade Valladolid aprovaram um orçamento de 15,9 milhões de euros. O clube tem o segundo maior limite salarial da categoria prata, com 29 milhões de euros.

Recomendadas

Três adeptos impedidos de entrar em estádios por intolerância no Estoril Praia-FC Porto

Os três indivíduos podem ser punidos com coimas entre os mil e os 10 mil euros e com pena de interdição de acesso a recintos desportivos até dois anos.

“Criou-se um clima de ódio no futebol português por parte de alguns dirigentes”, defende CEO da SIGA

Emanuel Macedo de Medeiros, o português que lidera a Sport Integrity Global Alliance (uma coligação de integridade e boa governança no desporto, com mais de 100 parceiros internacionais) foi o convidado da última da edição do programa “Jogo Económico”, da plataforma multimédia JE TV, e abordou a génese dos problemas que se eternizam no futebol em Portugal e apontou caminhos.

Seixas da Costa condenado por difamar Sérgio Conceição nas redes sociais

O antigo diplomata Francisco Seixas da Costa foi condenado pelo Tribunal do Porto do crime de difamação agravada, por ofensas ao treinador da equipa de futebol do FC Porto, Sérgio Conceição, e terá de pagar uma indemnização.
Comentários